Jogadores retornam de empréstimo ao Fla e alguns serão aproveitados

CompartilharFechar Comentários
Sete atletas que estavam em outros clubes se apresentam ao Rubro-Negro e pelo menos dois fazem parte dos planos da diretoria

Enquanto não anuncia reforços, o Flamengo aguarda o retorno de jogadores que estavam emprestados a outros clubes. Ao todo, sete atletas retornam ao Rubro-Negro, são eles: o lateral Léo, os volantes Jonas e Ronaldo, o meia Jajá e os atacantes Cafu e Nixon. 

Outros nomes que foram emprestados pelo Flamengo como Paulinho, Rafael Dumas, Luiz Antonio, Muralha(volante), Rafinha e Douglas Baggio tiveram seus contratos encerrados e não pertencem mais ao Rubro-Negro. O lateral Thiago Ennes, foi emprestado ao Náutico pelo período de um ano. 

Dos que retornam alguns devem ser aproveitados como os volantes Jonas e Ronaldo, isso ficará a cargo de Reinaldo Rueda, treinador do clube, ao menos por enquanto. Os demais podem ser avaliados, já que o Flamengo prepara uma apresentação antecipada do restante do grupo para dar início aos trabalhos este ano. 

O lateral-direito Léo fez boa temporada, principalmente com a camisa do Coritiba, anteriormente defendeu o Atlético-PR. Ele chegou no meio do ano e conquistou a titularidade com boas atuações.

Leo Coritiba
(Foto: Jonatas Campos / Coritiba / Divulgação) 

No caso de Ronaldo, ele é bem visto pelos torcedores que acreditam em seu potencial, em 2017, antes do empréstimo ao Atlético-GO, foi diversas vezes pedido como titular da equipe em protesto contra Márcio Araújo. Aos 21 anos, disputou 9 jogos no Dragão e marcou um golaço. Ele deve ser aproveitado este ano. 

No caso de Jonas, seu empresário já havia confirmado que ele será aproveitado pelo Flamengo, ele chegou ao clube em 2015 sob a batuta de Vanderlei Luxemburgo e depois de um bom início acabou caindo de produção e perdendo espaço. Ano passado vestiu a camisa do Coritiba e se consolidou como um dos melhores da equipe e um cão de guarda na marcação. 

Jonas Corinthians Flamengo 25102015
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

No caso do meia Jajá, a situação é mais complicada, ele não conseguiu destaque nem no Tombense nem no Vila Nova, sequer vinha sendo relacionado nas últimas partidas do ano e não ficará no elenco do Flamengo para 2018. 

Cafu, que estava no Ceará, teve boa passagem pelo clube, fez cerca de 18 jogos e até marcou gol. Apesar disso, sua posição é uma das mais concorridas do elenco e é bem provavél que tenha novo destino este ano. 

O caso de Nixon é parecido, o atacante esteve no ABC, não foi tão bem quanto Cafu no Ceará, mas terá novo destino este ano. As lesões também atrapalharam a última temporada do atleta, aliás, os problemas físicos são adversários do jogador desde que se tornou profissional. 

Próximo artigo:
Bayern de Munique já está procurando um substituto para James Rodríguez
Próximo artigo:
Em grande fase, Bruno Henrique atinge marca de 50 jogos pelo Palmeiras e relembra gol decisivo em último clássico contra o Santos
Próximo artigo:
Chile quer fortalecer seleção com projeto que envolve amistosos com "rivais mundialistas"
Próximo artigo:
Futebol na TV: confira a programação de quinta-feira (19 de julho)
Próximo artigo:
Mourinho cobra Pogba: “Ele precisa entender porque foi tão bem na Copa do Mundo”
Fechar

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência online. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade.

Exibir mais Aceitar