Gallo espera anunciar novo treinador do Atlético-MG até terça e garante que não procurou Cuca e Abel Braga

Comentários
Diretor de futebol também comenta futuro da comissão técnica alvinegra

O Atlético-MG anunciou, na manhã desta sexta-feira (9), a demissão do técnico Oswaldo de Oliveira. Logo após a demissão do treinador, Cuca e Abel Braga foram apontados como favoritos para assumir o cargo.

No entanto, segundo o diretor de futebol atleticano, Alexandre Gallo, o Atlético-MG ainda não procurou os dois treinadores, apesar de ambos agradarem. O dirigente ainda afirmou que esperar anunciar o novo técnico do Galo até a próxima terça-feira (13).

"São dois grandes nomes (Cuca e Abel Braga). Vencedores no futebol brasileiro. O Atlético é um gigante e pensa grande, em conquista este ano. Nem por isso a saída do Oswaldo não o credencia como o grande treinador que é. São dois bons nomes. Dentro dessa ciranda toda, começamos a tomar pé. Vamos tentar resolver o mais rápido possível. Estamos avaliando, começando. No melhor momento, vamos falar para vocês quando tiver uma coisa pronta, encaminhada", garantiu Gallo, em entrevista coletiva nesta manhã.

Mais artigos abaixo

"A vitória sobre a URT está dentro do padrão que a gente queria. A derrota para o Villa Nova nos incomodou, mas sabíamos que a diferença de equipe aconteceria. Estamos em terceiro, queremos buscar essa competição. Quanto mais cedo chegar um novo treinador, melhor. O Atlético é um gigante do futebol brasileiro. Acredito que até terça-feira, sem dar prazo, sem atropelar, vamos tentar até terça-feira que tenha um profissional aqui", afirmou.

GFX Oswaldo de Oliveira I Atlético-MG I 09 02 18

O dirigente ainda falou sobre o futuro da comissão técnica atleticana. "Dentro desse histórico de 37 anos no futebol, como atleta e treinador, já estive dentro de situações assim. Mudança de planejamento é saudável e necessária. Análise diária, entender, discutir, ouvir. A gente tem essa consciência, conversa muito com o Sérgio (Sette Câmara, presidente). Sentimos que era o momento (de demitir Oswaldo de Oliveira). Sai praticamente toda a comissão. Quem vai continuar como auxiliar fixo é o Thiago Larghi, Caio como auxiliar e Kalil como preparador físico. Vão para o jogo amanhã", explicou.

Próximo artigo:
Corinthians no Brasileirão: maiores artilheiros, vitórias e outros dados históricos
Próximo artigo:
Flamengo: Barbieri vibra com vitória e explica substituição de Vitinho
Próximo artigo:
Barcelona: Valverde e jogadores “culpam” VAR por empate com o Girona
Próximo artigo:
Campeonato Brasileiro 2018: tabela completa e classificação por rodada
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo não irá para a premiação do The Best, diz mídia espanhola
Fechar