Fifa quer limitar número de jogadores emprestados e mudar janela de transferências

Comentários
Entidade máxima do futebol pretende promover mudanças para evitar casos como o do Chelsea, que tem 40 atletas cedidos a outros times

Ainda não é oficial e nem se tem uma data para que aconteça, mas a Fifa planeja limitar o número de jogadores emprestados por um mesmo clube. Assim, a ideia é evitar o que acontece em grandes clubes como o Chelsea, que tem 40 jogadores cedidos a outras equipes.

No Brasil, Corinthians, Internacional e Palmeiras, com 21 atletas emprestados cada um, são os clubes que mais cederam jogadores dentre os que estão disputando a Série A do Brasileirão. 

A ideia da entidade é  limitar a "entre 6 e 8" o número de jogadores que um mesmo clube poderá emprestar a cada temporada.

Além disso, a Fifa também pretende criar um mecanismo de compensação controlada por um banco que procurará pagar as indenizações pela formação aos clubes formadores de atletas após cada transferência.

Próximo artigo:
La Liga: artilheiros históricos, goleadas, invencibilidade e outras informações históricas
Próximo artigo:
Grêmio x Ceará: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Klopp elogia Liverpool após mais uma vitória na Premier League e explica mudança
Próximo artigo:
Lopetegui elogia atuação do Real: "Os jogos após a Champions são perigosos. Soubemos sofrer e vencer "
Próximo artigo:
Ronaldo quer perder peso para treinar com o Real Valladolid
Fechar