Fernando Torres garante que fica no Atlético de Madrid, apesar do retorno de Diego Costa

Comentários
Espanhol não acredita que a chegada de novos atacantes irá prejudicar seu futuro no clube

O atacante Fernando Torres, do Atlético de Madrid, garantiu que pretende permanecer no clube espanhol, apesar das chegadas de Vitolo e de Diego Costa, que poderão atuar pela equipe a partir de janeiro.

O futuro de Torres tem sido constantemente debatido na Espanha, visto que o jogador segue buscando espaço dentro do elenco Colchonero. No entanto, o "El Niño", afirmou que seguirá defendendo as cores do Atleti, apesar da concorrência por um lugar no ataque do time aumentou.

"Em 1 de fevereiro estarei no Atlético e espero que muitos anos mais. Tenho um ano de contrato e tomara que sejam mais. Esse é meu objetivo e minha motivação", disse em entrevista ao jornal AS.

Fernando Torres Atletico Madrid Elche Copa del Rey
(Foto: Getty Images)

O atacante explicou como mudou sua mentalidade para continuar jogando em alto nível aos 33 anos. "Meu futuro é o próximo sábado. Sei que cada jogo que faça pode ser o último no Atlético, ou não. Jogo como se fosse o último. Ninguém me deu nada, muito menos. Estou aqui por méritos próprios e por rendimento", afirmou.

Torres falou ainda sobre o retorno de Diego Costa, entendo que o companheiro não será irá colocar seu futuro em risco. "Veio Gameiro e comecei como suplente, embora tenha terminado a temporada com muitos jogos. Agora chega Diego Costa e me custará jogar, mas trabalharei para ser titular, como sempre foi. Até hoje, vestir a camisa do Atlético compensa tudo. Depois do que me custou lutar e jogar, não vou jogar a toalha", finalizou o jogador

Próximo artigo:
Companheiro de clube de Mario Balotelli nega que atacante esteja fora de forma
Próximo artigo:
Simeone: "Prefiro que tenhamos menos posse de bola e menos gols"
Próximo artigo:
Di Francesco: "Se eu fosse do Real Madrid, não me preocuparia com a ausência do Cristiano Ronaldo"
Próximo artigo:
Agüero renova com o Manchester City até 2021
Próximo artigo:
Barcelona está perto de completar 10 anos sem perder um clássico catalão em La Liga
Fechar