Eliminatórias Europeias: luta entre gigantes por vaga na Copa continua com vitórias de Espanha e Itália

CompartilharFechar Comentários
Fúria e Azzurra disputam ponto a ponto um lugar no Mundial que será disputado na Rússia em 2018

A luta continua. Neste domingo (11), Espanha e Itália venceram seus adversários, e a briga por um lugar na Copa do Mundo de 2018 continua. Pelo grupo G das Eliminatórias Europeias, a Fúria bateu a Macedônia, fora de casa, por 2 a 1, enquanto a Azzurra recebeu Liechtenstein e goleou por 5 a 0.

A Espanha não teve trabalho para vencer em Skopje, com gols de David Silva e Diego Costa. Stefan Ristovski descontou para a Macedônia. Com o resultado, além de manter a liderança da chave, a Fúria ampliou sua invencibilidade. A equipe não perde desde 27 de junho de 2016, quando foi derrotada justamente pela Itália, por 2 a 0, nas oitavas de final da Eurocopa. De lá pra cá, são sete vitórias e três empates em dez jogos.

Eder Italy(Foto: Getty Images)

Já a Itália atropelou Liechtenstein por 5 a 0, com gols de Insigne, Belotti, Eder, Bernardeschi e Gabbiadini. Com o resultado, a Azzurra continuou no segundo lugar do grupo G, com 16 pontos. A Espanha tem a mesma pontuação, mas lidera por levar vantagem no saldo de gols. As duas equipes irão se enfrentar em 2 de setembro, na Espanha, em jogo que pode definir quem se classifica para a Copa e quem disputará a repescagem.

Israel e Albânia, com nove pontos cada, Macedônia, com três, e Liechtenstein, sem pontos, completam o grupo G.

Confira a classificação de todos os grupos das Eliminatórias Europeias. O primeiro colocado de cada grupo se classifica para a Copa, enquanto o segundo vai para a repescagem.

Próximo artigo:
"Dúvidas para os crentes"? - Klopp fala como mudou o time do Liverpool
Próximo artigo:
Jornal avalia elenco do Manchester City: "é o melhor da história da Premier Legue?
Próximo artigo:
Portugal confirma amistosos que dão boas recordações a Cristiano Ronaldo
Próximo artigo:
Corinthians: Campanha histórica do 1º turno não se repete no returno
Próximo artigo:
"C. Ronaldo está acima de Messi e Neymar", diz Totti
Fechar