David Neres, Malcom, Richarlison e cia, Brasil tem geração promissora para os próximos anos

CompartilharFechar Comentários
Jovens atletas já despontam na Europa ou são protagonistas em seus clubes no futebol brasileiro

O ano é de Copa do Mundo e o técnico Tite já tem praticamente 80% dos jogadores que levará ao Mundial da Rússia definidos, mas em um país como o Brasil os talentos surgem a cada momento. Se a Seleção está bem definida e com grandes chances de lutar pelo sexto título, o futuro dele também parece estar bem encaminhado.

Isso porque para os próximos anos, o futebol brasileiro conta com uma gama de jogadores promissores, alguns já estão até dispontando no cenário do futebol mundial e outros aparecem com grande expectativa para o futuro. 

Com dribles desconsertantes, assistências e gols, Richarlison vem fazendo parte de uma campanha de respeito do Wattford na Premier League, o time ocupa a décima posição e vem contando com o talento do brasileiro que não demorou a se adaptar. 

Richarlison Watford 19 08 2017
(Foto: Getty Images)

Em 18 jogos, o camisa 11 anotou cinco gols e deu quatro assistências. E é sem dúvida um grande candidato a num futuro não tão distante brigar com Gabriel Jesus por uma vaga no ataque da Seleção Brasileira.

Se na Inglaterra Richarlison é sensação, na Holanda David Neres não fica atrás, o jovem vem impressionando com a sua habilidade, no último dia 24, protagonizou um lance incrível em jogada que resultou em gol do Ajax, além de marcar o seu tento na partida. Suas boas atuações chamaram às atenções de clubes como Arsenal, Manchester United, Milan e Juventus e não deve permanencer por muito tempo no país da Laranja Mecânica.

David Neres, Ajax - Rosenborg, Europa League 08172017
​(Foto: Getty Images)

Na França, além de Neymar, outros dois brasileiros estão brilhando, são eles Malcom e Jorge. O primeiro, defende o Bourdeaux e chegou ao clube em 2016. Mais do que adaptado, vem mostrando habilidade, consistência e visão de jogo. Em 77 jogos marcou 17 gols e vem encantando os torcedores.

2017-12-26 Malcom Bordeaux
(Foto: Getty Images)

Jorge chegou ao Monaco no início de 2017 e também não demorou para se adaptar, atuando na lateral ou até mesmo no meio-campo vem se firmando cada vez mais na equipe. Ele inclusive foi convocado por Tite nas ausências de Filipe Luís e Marcelo, que desfalcaram o Brasil por conta de lesões. 

Jorge Seleção Brasil treino 02 10 2017
(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Engana-se quem pensa que para por aí, Gerson vem se firmando na Roma, Thiago Maia ganhando seu espaço no Lille e o próprio Ederson, goleiro do Manchester City, se mostra a cada dia que será o herdeiro do gol brasileiro nas próximas gerações. 

E se na Europa os jovens brasileiros estão ganhando seu espaço, no Brasil o ritmo segue o mesmo. Aos 21 anos, Arthur foi um dos destaques do Grêmio campeão da Copa Libertadores, ele impressionou Tite e também chegou a ganhar uma convocação. 

Arthur  treino Seleção Brasil 09 10 2017
(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Com inteligência, bom passe e boa marcação, é considerado um volante moderno e de grande futuro. Não à toa o Barcelona deseja contrata-ló. Para ele, ainda há esperanças de ir ao Mundial da Rússia, mas ainda que fique de fora, terá um bonito futuro com a camisa da Seleção. 

Outro jovem que foi um dos responsáveis por comandar sua equipe na última temporada é Guilherma Arana, o lateral foi um dos destaques do Corinthians Campeão Brasileiro de 2017. Aos 20 anos, foi contratado pelo Sevilla e agora vai precisar se adaptar ao futebol espanhol, o que não parece ser algo difícil para ele, que já mostrou bastante potencial. 

Mais artigos abaixo

O Flamengo não levantou nenhuma taça importante, mas chegou perto de vencer a Sul-Americana e isso se deve a Lucas Paquetá. Entre jogadores estrelados e salários altos, o meia Rubro-Negro foi quem chamou a responsabilidade nos piores momentos e fez a diferença. Com razão foi descrito pelo jornal inglês Daily Mail como rápido, talentoso e raçudo. 

Lucas Paquetá Vinicius Junior Flamengo Atlético-GO Brasileirão 20 08 2017
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Ao lado dele, aparece Vinicius Júnior, muito badalado pelo o que fez na Copa São Paulo e no Sul-Americano com a Seleção sub-17, também mostrou potencial pelo profissional do Flamengo, ainda que tenha tido poucas oportunidades, mas vale destacar que o jogador é três anos mais novo do que a maioria dos citados acima. Por outro lado foi o mais caro, o Real Madrid pagou cerca de 45 milhões de euros que não havia disputado sequer um jogo como profissional na ocasião da compra.

Douglas Luiz, Paulinho, Wendel, Murilo, Bremer, também são nomes que aparecem como promissores para os próximos anos e, quem sabe um dia não os veremos vestindo a camisa da Seleção? O que podemos dizer é que nos próximos anos, o Brasil terá uma grande e talentosa geração, diferente dos últimos anos em que viveu uma época de escassez. 

Próximo artigo:
Pressionado, Dorival assume responsabilidade por derrota e reforça: "São Paulo pode jogar muito mais"
Próximo artigo:
Grohe exalta conquista: "nos eternizamos na história do Grêmio"
Próximo artigo:
Herói, Martín Silva pede que vexame fique no passado, mas ressalta aprendizado
Próximo artigo:
Grêmio 0 (5) x (4) 0 Independiente: Em jogo tenso, Grêmio fatura a Recopa Sul-Americana nos pênaltis
Próximo artigo:
Galo afasta crise, dá show, atropela Botafogo-PB e avança na Copa do Brasil
Fechar