Com proposta alta do Al Hilal, Carille disse em 2017 que não sai do Corinthians nem “por um caminhão de dinheiro”

Comentários
Torcedores lembram de declaração do treinador para cobrar sua permanência no Timão mesmo com oferta milionária

Bicampeão paulista e campeão brasileiro desde que assumiu o cargo de treinador do Corinthians em 22 de dezembro de 2016, o técnico Fábio Carille recebeu uma proposta milionária do Al-Hilal, da Arábia Saudita, e a diretoria alvinegra reconhece que a chance de perdê-lo é “muito grande”.

Desde que a notícia da proposta saiu na mídia, milhares de torcedores do Corinthians foram as redes sociais se manifestar pedindo para que o treinador fique. Um dos argumentos usados é uma entrevista dada pelo próprio treinador à rádio Jovem Pan em 2017, onde ele disse que dinheiro nenhum o tiraria do clube alvinegro.

“Eu só saio do Corinthians no dia em que me mandarem embora. Pode vir o caminhão de dinheiro... Eu não saio! É um sonho estar trabalhando em uma equipe desse tamanho no Brasil, e eu vou desfrutar desse sonho até o fim”, declarou na ocasião ao relembrar uma sondagem que tinha recebido em junho de 2017 do futebol chinês.

De acordo com apuração da Goal Brasil, o Al-Hilal está disposto a pagar quatro milhões de euros (R$ 17,5 milhões) por temporada para o treinador por um contrato de dois anos. O Timão já prepara uma reunião de emergência para convencê-lo a ficar.

Próximo artigo:
Cinco Estrelas: Sede de revanche!
Próximo artigo:
Jornal: Roberto Carlos pode assumir Fenerbahçe caso Cocu seja demitido
Próximo artigo:
São Paulo x América-MG: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Lionel Messi vs Cristiano Ronaldo: quem tem mais títulos?
Próximo artigo:
La Liga 2018/19: artilheiros, garçons e classificação completa
Fechar