Champions League: Lewandowski foi o maior cai-cai das semifinais, e trinca do Liverpool dá o exemplo certo

CompartilharFechar Comentários
Salah, Roberto Firmino e Mané foram os jogadores que mais decidiram para a sua equipe sem apelarem para os mergulhos em campo

Embora tenha sido o time com mais jogadores se atirando desnecessariamente nos gramados durante os jogos válidos pelas semifinais da Champions League, o atleta que mais vezes mergulhou em campo não vestia a camisa do Real Madrid.

Referência ofensiva, de profundidade e gols pelo Bayern de Munique, eliminado justamente para os espanhóis, Robert Lewandowski não conseguiu, através do seu futebol, ser decisivo ao longo dos embates de ida e volta contra a equipe merengue.

O atacante polonês acertou três chutes a gol e nenhum deles terminou no fundo das redes. Além disso, criou duas oportunidades para seus companheiros. Mas a sua participação ficou marcada pela tentativa de conseguir faltas ou pênaltis: Lewandowski foi o jogador mais ‘cai-cai’ desta fase eliminatória: se atirou na grama em sete oportunidades, número maior à soma de suas finalizações e chances criadas com a bola nos pés [5, no total].

GFX cai cai LEwandowski

Já o Real Madrid soube alternar mais as quedas de seus jogadores, com três curiosidades especiais: os atletas mais ‘cai-cai’ da equipe espanhola são os três capitães; as maiores referências do time e jogam mais pela faixa esquerda do campo. Estamos falando de Cristiano Ronaldo [mergulhou 4 vezes], Sergio Ramos [4] e Marcelo [3].

GFX cai cai  UCL

Mais artigos abaixo

TRINCA DO LIVERPOOL MERECE AINDA MAIS ELOGIOS


GFX cai cai Liverpool

Do outro lado, a trinca ofensiva do Liverpool [Mané, Firmino e Salah] não foi o grande destaque apenas pelo que fizeram com a bola nos pés. Além de terem se estabelecido como trio de ataque com mais gols na história de uma única temporada de Champions League [29 gols], eles também foram os que mais decidiram sem cair na tentação de se atirar em campo contra a Roma.

Mané, Salah e Firmino fizeram dois gols cada. E apenas o senegalês, em uma oportunidade, se jogou desnecessariamente em campo. Ainda que outros erros de arbitragem possam ter desempenhado importância na eliminação da Roma contra o Liverpool, ao menos o time que mais parece focado em jogar um futebol honesto avançou. É possível encantar e vencer sem o cai-cai, portanto...#StopDiving!

Próximo artigo:
PSG demonstra interesse em levar dois jogadores do Barcelona
Próximo artigo:
Asensio sobre o Real Madrid: "Cristiano Ronaldo já saiu e temos uma boa equipe"
Próximo artigo:
Barcelona paga mais 5 milhões de euros por Dembélé
Próximo artigo:
"Nunca considerei deixar o Chelsea", avisa Morata
Próximo artigo:
Aguirre se mantém tranquilo após o São Paulo terminar o primeiro turno na liderança: "falta muito"
Fechar