Cássio e Vanderlei disputam espaço na Seleção Brasileira com cinco goleiros

CompartilharFechar Comentários
Visitas de Taffarel deram esperança para jogadores de Corinthians e Santos, mas outros candidatos já foram convocados antes

A posição de goleiro é uma das mais indefinidas na Seleção Brasileira. Até agora não há uma indefinição sobre quem será o titular na Copa do Mundo de 2018. E as visitas do preparador Taffarel, que foi aos treinos de Corinthians e Santos nesta semana, só aumentam as dúvidas.

Primeiro Taffarel foi ao Corinthians para observar Cássio, que tem feito um ótimo Campeonato Brasileiro. Sofreu apenas cinco gols em 12 jogos e foi decisivo em alguns momentos. Além disso, Cássio tem a confiança de Tite, com quem trabalhou no Timão.

Depois Taffarel foi ao Santos para observar Vanderlei, que tem brilhado durante toda temporada pelo Santos. Como o Peixe normalmente é um time mais ofensivo e, portanto, exposto, Vanderlei é bastante acionado e sempre dá conta do recado. Não costuma falhar e faz defesas difíceis. 

Mas nenhum dos dois foi convocado por Tite por enquanto. Entre os já chamados, existem cinco principais concorrentes: Alisson (Roma), Ederson (Manchester City), Wéverton (Atlético-PR), Diego Alves (Valencia) e Marcelo Grohe (Grêmio).

Três deles vivem situação semelhante: Alisson, Ederson e Diego Alves vão começar a temporada sem garantia de que serão titulares nos clubes que defendem. Se não conseguirem jogar com frequência, dificilmente serão convocados. Já Wéverton e Grohe, que têm mais estabilidade, não vivem fases brilhantes e falharam recentemente.

Por isso é importante para Tite e Taffarel observar de perto Cássio e Vanderlei. Eles merecem pelo menos uma chance antes da Copa do Mundo, já que a disputa está tão indefinida e cheia de incógnitas.

Próximo artigo:
Campeonato Brasileiro 2017: os artilheiros e garçons da temporada
Próximo artigo:
Fla: no radar de Real e Barça, onde Lincoln se encaixaria melhor?
Próximo artigo:
Champions League: os mais indisciplinados da temporada 2017/18
Próximo artigo:
Os números, gráficos e a evolução do Flamengo no Brasileirão
Próximo artigo:
Tite já convocou 60 jogadores: veja quem são os recordistas do treinador
Fechar