Cuca, Carpegiani e as opções do Flamengo caso Rueda deixe o clube

CompartilharFechar Comentários
Treinador ainda não definiu seu futuro, mas mesmo que fique pode deixar o clube após a Copa do Mundo

A situação de Reinaldo Rueda no Flamengo segue indefinida, depois de seu auxiliar técnico afirmar que decidiram seu futuro nos primeiros dias de janeiro, a federação chilena parece bem confiante a respeito de um acerto. Enquanto isso, o Rubro-Negro mantém o discurso de que aguarda o colombiano mas não tem o menor otimismo em relação a isso.

Pensando nisso, analisamos alguns nomes que poderiam servir de alternativa para a diretoria do Flamengo, caso o comandante deixe realmente o clube. 

Cuca palmeiras são paulo 28 08 2017
(Foto: Getty Images)

O primeiro da lista é Cuca, apesar da antipatia da torcida por conta de 2009, sua última passagem pelo clube, o treinador mudou bastante desde que deixou a Gávea, e seu currículo também. Antes com poucos títulos, ele se firmou no cenário nacional conquistando a Copa Libertadores da América e o Brasileiro. Recentemente, inclusive, apareceu vestindo a camisa do time Rubro-Negro.

Renato Gaucho Gremio Mundial de Clubes 11122017
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação)

Um dos melhores treinadores da atualidade, Renato Gaúcho, tem o sonho de comandar o Flamengo um dia, apesar disso, ele renovou contrato com o Grêmio recentemente, mas caso o Rubro-Negro pague a multa, quem sabe ele não aceite o desafio que sempre deixou claro ter vontade de encarar.

Cotado para assumir um cargo na comissão técnica, Carpegiani também seria uma opção para o Rubro-Negro. Maior ídolo da história do Flamengo, Zico lembrou que o comandante tem veias de treinador.

Carpegiani Coritiba 19092016
(Foto: Coritiba / Divulgação)

"Acho que o Carpegiani tem na ainda na veia a questão do treinador, então, é preciso que se defina bem qual a função dele. O Mozer (ex-zagueiro e gerente de futebol) quando veio estava fazendo essa função junto com o Zé Ricardo, mas depois a gente não viu mais a presença dele nessa função, principalmente depois da chegada do Rueda, então, não pode haver aquele "choque". Todo treinador tem que ter a condição de saber escutar... quando você vê outro treinador numa outra função, num cargo maior, o que está atuando do treinador acha "se eu bobear, ele que vai assumir". Então, é preciso que as duas pessoas se entendam muito bem para que não ocorra problema nesse sentido, um não ache que um está interferindo na área do outro", disse em entrevista ao SporTV.

Independente da decisão de Rueda, o Flamengo precisa estar preparado já que terá apenas alguns dias até o inicio da temporada e mesmo que o comandante fique é importante saber que nos próximos meses, mais precisamente após a Copa do Mundo, ele deve receber outras propostas e pode acabar não cumprindo o seu contrato com o time carioca.

Próximo artigo:
O retrospecto incrível de Modric em decisões foi abalado com sua segunda derrota em finais
Próximo artigo:
Wendell Lira encerra participação na Copa do Mundo e revela dedicação e emoção em trabalho realizado
Próximo artigo:
Dos possíveis substitutos de CR7 no Real Madrid, Hazard seria o mais "fácil" para chegar; veja opções
Próximo artigo:
Momentos Campeões: Mundial é marcado pelo VAR, bola parada e pelo nascimento de uma nova geração de craques
Próximo artigo:
Manchester United lança novo uniforme número um com homenagem à origem do clube
Fechar