Botafogo erra ao vetar Nilton Santos ao Fla por comemoração de Vinicius Jr

CompartilharFechar Comentários
Comportamento nada profissional fará com que clube, que vive grave crise econômica, perca boa fonte de receita

A relação entre Flamengo e Botafogo não foi das mais fáceis nos últimos anos. Desde a polêmica chegada de Willian Arão, que defendia o Glorioso, ao Rubro-Negro em 2016, as rusgas se tornaram constantes. Provocações, brigas entre as diretorias e decisões tomadas de forma passional e nada profissional pautaram o relacionamento da dupla carioca. 

Entretanto, com a saída de Carlos Eduardo Pereira e a posse do novo presidente Nelson Mufarrej, o Alvinegro acenou com o desejo de se reconciliar com o Flamengo e até deixou as portas do estádio Nilton Santos abertas para o clube. 

Willian Arão Botafogo Série B 23112015
(Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação)

As conversas avançaram a parceria comercial era importante para o Botafogo, que vive uma crise financeira enorme, e teria um bom aliado, o Flamengo. A ideia era ceder o estádio para que o Rubro-Negro pudesse disputar jogos da Libertadores, por exemplo, a final da Taça Guanabara seria outra partida disputada no local. 

Em entrevista ao Globoesporte.com, na semana passada, o Vice-Presidente Executivo do Alvinegro deu detalhes da possível parceria.

"Começamos a conversa na semana passada, quando não havia nem decisão de semifinalistas. Foi a abertura de negociações para locação do Nilton Santos para que o Flamengo realizasse um número de partidas sem quantidade determinada. O Botafogo tem o interesse comercial para poder rentabilizar o ativo. Da parte do Flamengo também é comercial, uma vez que preços praticado no Maracanã são muito superiores. É um acordo meramente comercial".

Nelson Mufarrej Botafogo 26 11 2017
(Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação)

Inicialmente, os dois clubes estavam fechando um acordo para que o Flamengo disputasse até 20 jogos no estádio, o valor do aluguel em todas essas partidas seria maior do que o patrocínio master recebido pelo Alvinegro durante todo o ano de 2018. Mas tudo isso foi por terra.

Na manhã desta terça-feira(13), o Botafogo soltou uma nota dizendo que a final da Taça Guanabara entre Boavista e Flamengo não será realizada no Nilton Santos unicamente em função da comemoração de Vinicius Junior, na semifinal da Taça Guanabara, que fez os gestões do famoso "chororô" após o gol marcado. 

Abaixo, segue os pontos destacados pelo Alvinegros como motivo para o veto do estádio:

1 - A decisão de não haver o jogo não foi motivada pelo valor estabelecido no Arbitral. O valor havia sido decidido e aprovado por todos os Clubes presentes, inclusive o Botafogo; 

2 - A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando - no entendimento dos botafoguenses - desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores;

3 - Passaram-se os dias e até hoje não houve uma manifestação,  quer do jogador, quer do clube, se retratando do episódio. Pelo contrário, repercute ainda mais o gesto;

4 - Este jogador é empregado do clube adversário e, como tal, deve respeitar a ética profissional.

5 - O fato deve ser analisado muito bem. Um ato deste tipo pode provocar a violência entre os jogadores e torcedores. Queremos a paz e o respeito dentro e fora de campo.

Ao tomar essa decisão, o Botafogo está abrindo mão não só de uma grande fonte de receita, como também da coerência. O garoto comemorou de forma sadia o seu gol, assim como Henrique Dourado, que tem como característica a "ceifada" em suas comemorações. A provocação faz parte do futebol, bem como no ano passado o clube provocou o Rubro-Negro na eliminação da Libertadores e na perda dos títulos da Copa do Brasil e da Sul-Americana. 

Estádio Nilton Santos RJ 18 11 2007
(Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação)

A diretoria de um clube de futebol não pode se comportar como um torcedor mimado que não sabe brincar, que vai embora emburrado toda vez que perde para o adversário. A diretoria de um clube de futebol precisa se comportar de forma profissional. 

Próximo artigo:
Quem são os jogadores mais vezes campeões da Copa do Mundo?
Próximo artigo:
O valor de Lionel Messi: quanto ganha e qual o patrimônio do argentino
Próximo artigo:
Quanto tempo o Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil ficam pausados pelo Mundial
Próximo artigo:
Quais foram os melhores jogadores das Copas do Mundo?
Próximo artigo:
Treinador compara Cristiano Ronaldo e Messi a Lennon e McCartney
Fechar