Assim chegaram os semifinalistas da Copa Libertadores 2017

CompartilharFechar Comentários
As quartas de final já foram realizadas e cada partida deixou recordes e estatísticas trazidas pela Toyota Football Stats

Já conhecemos os cruzamentos das semifinais da Copa Libertadores, mas ao caminho não foi fácil. Conheça as estatísticas-chave e os recordes que deixaram as quartas de final.


GOLEADA HISTÓRICA 


Wilstermann vs River PlateCrédito: Gabriel Rossi - Getty Images

A goleada do River Plate sobre o Jorge Wilstermann nas quartas de final por 8-0 é o placar mais elástico da história na fase eliminatória da Copa Libertadores. Além disso, serviu para reverter a derrota por 3 a 0 no jogo de ida.


ARTILHEIRO INÉDITO


Ignacio Scocco River Jorge Wilstermann Copa Libertadores 21092017Crédito: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images

Ignacio Scocco, autor de cinco gols na goleada sobre o Wilstermann, foi o primeiro jogador a marcar esse número de gols em fases eliminatórias da Libertadores, além de ser o primeiro jogador do River na história da competição a marcar cinco gols em um jogo.


HAT-TRICK  MAIS RÁPIDO


Ignacio Scocco River Jorge Wilstermann Copa Libertadores 21092017Crédito: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images

Além disso, os três primeiros gols do Scocco foram marcados antes dos 19 minutos do jogo, tornando-se o hat-trick mais rápido da história da Copa Libertadores.


O MELHOR VISITANTE



Barcelona vs Atlético Nacional Copa Libertadores 2015Crédito: Getty

O Barcelona venceu três jogos como visitante na atual versão da Copa Libertadores, sendo a melhor série em sua história. Um time visitante que não teme a torcida mandante.


O TERROR DOS BRASILEIROS


Barcelona Guayaquil Ecuador Campeon Torneo ecuatoriano 2016Crédito: Conmebol.com

Jonathan Alvez marcou quatro gols em seis jogos contra equipes brasileiras, se tornando o 'terror' das equipes brasileiras nesta edição.


 EQUADOR PRESENTE


Cortez Independiente del Valle Olimpia Copa Libertadores 02022017Crédito: Getty

É a segunda vez consecutiva que o Equador coloca uma equipe nas semifinais do torneio. Em 2016 foi Indepependiente del Valle que acabou perdendo a final contra o Atlético Nacional.


 QUASE MEIO SÉCULO DEPOIS


River Jorge Wilstermann Copa Libertadores 21092017Crédito: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images

Não foi a primeira vez que River marcou oito gols na Copa Libertadores. Em 1970, 47 anos atrás, os Milionários venceram por 9-0 a Universidade de La Paz.


 VOANDO


SandCrédito: EITAN ABRAMOVICH

José Sand soma 15 gols na Copa Libertadores, seis somente nesta temporada. A esperança de gol do Lanús é depositada nele e vem respondendo a essa responsabilidade.


SEMPRE EXISTE UMA PRIMEIRA VEZ


San Martín de San Juan LanúsCrédito: Fotos Télam

Está será a primeira semifinal da Copa Libertadores que Lanús vai disputar. Por torneios da Conmebol, havia ganhado a Copa da Confederação em 1995 antes do Independiente Santa Fe.


 DECEPÇÃO BRASILEIRA


LucasCrédito: Lucas Uebel

O Brasil bateu o recorde de clubes classificados para a fase de grupos da Libertadores nesta edição com oito equipes classificadas (Flamengo, Atlético Paranaense, Atlético Mineiro, Santos, Palmeiras, Grêmio, Botafogo e Chapecoense). Antes considerado o país favorito para levar a taça da competição, devido ao alto investimento das equipes, apenas o Grêmio permanece na disputa pelo caneco. Na semifinal, o time de Renato Gaúcho irá enfrentar ainda o Barcelona que eliminou dois brasileiros (Palmeiras e Santos) nas duas últimas fases da competição.

Próximo artigo:
Copa do Brasil 2018: quando é disputada, qual o formato e resultados da competição
Próximo artigo:
Giroud quer ajudar o companheiro de equipe do Chelsea, Morata
Próximo artigo:
Wenger foi gigante e flertou em ser o maior do Arsenal, mas a melancolia final não deixou
Próximo artigo:
Vieira no Arsenal? Wenger fala sobre a possibilidade
Próximo artigo:
Novo reforço do Corinthians, Roger realiza sonho de jogar pelo time de infância após passagens pelos rivais São Paulo e Palmeiras
Fechar