Arsene Wenger crê que Manchester City não é imparável

CompartilharFechar Comentários
Treinador do Arsenal não vê o time de Pep Guardiola imparável e reclama do impacto da arbitragem no revés por 3 a 1 para os Citizens neste mês

O Manchester City continua brilhando na Premier League 2017/2018. Oito pontos à frente do rival United, os atletas de Pep Guardiola ainda incomodam o Arsenal, rival do último dia 5 de novembro.

Os Gunners ocupam a sexta posição, com 12 pontos atrás dos líderes da competição, mas Wenger insiste que o City pode ser batido a qualquer momento:

"Eles são um bom time, mas não são imbatíveis. Se você olhar as chances de gol, não foram muito melhores que a gente. Foi um jogo muito disputado. Eles ciaram um pouco mais e chutaram um pouco mais a gol, apenas mais que nós", declarou ao beIN Sports.

Wenger sentiu que o jogo foi mais equilibrado que o placar sugeriu e colocou culpa no árbitro Michael Oliver por seu papel no confronto, depois do terceiro gol do City, marcado por Gabriel Jesus, em posição irregular.

Gabriel Jesus Manchester City Arsenal
(Foto: Getty Images)

"O árbitro teve um grande impacto para o resultado da partida. Em geral, nós tivemos uma grande punição com o terceiro, porque com o 2 a 1 nós poderíamos vencer o jogo. Não digo que não são um bom time, mas eles não são imbatíveis".

Próximo artigo:
Henrique e Antônio Carlos: o primeiro Derby contra o ex-clube
Próximo artigo:
Rafinha revela conversa com Messi e Suárez antes de ir para Inter e diz que não pensa em voltar para o Barcelona
Próximo artigo:
Scholes: "posso entender que De Gea queira ir para o Real Madrid"
Próximo artigo:
Real Madrid x Alavés: a partida de Cristiano Ronaldo
Próximo artigo:
Com mistão, Fla encara o Flu de olho na Liberta e Tricolor sonha com vitória por tranquilidade
Fechar