Ameaçado, Zidane deveria permanecer no cargo independente de título, afirma Laudrup

CompartilharFechar Comentários
O ex-jogador merengue ofereceu seu apoio ao chefe do Real, em meio aos pontos de interrogação sobre seu futuro

Zinedine Zidane merece manter seu emprego no Real Madrid, mesmo que não ganhe mais troféus nesta temporada, de acordo com Michael Laudrup. 

Os campeões espanhóis e europeus estão a 16 pontos do líder da La Liga, o Barcelona, embora tenham um jogo a menos e tenham em vista um embate de dois jogos com o Paris Saint-Germain na tentativa de vencer a sua terceira Champions League consecutiva. 

Com um time misto, o Real Madrid alcançou as quartas-de-final da Copa do Rei na última quarta-feira com uma vitória no placar agregado por 5-2 sobre o Numancia. Mas o empate em 2-2 no Santiago Bernabeu fez o time de Zidane chegar a marca de apenas um vitória em seus últimos quatro jogos. 

O faco da Copa do Rei representar a sua chance mais óbvia de tpitulo para esta temporada levantou perguntas sobre o futuro do treinador Zidane, apesar de o seu time ter conquistado cinco troféus no total em 2017. 

Michael Laudrup - Al Rayyan, Qatar..Foto: Al Rayyan SC

Mas Laudrup, que ganhou o título da Champions em 1995 depois de se juntar ao Real vindo do Barcelona, disse que o recorde de oito troféus de Zidane em apenas dois anos no cargo, deveria dar uma enorme quantidade de crédito ao comandante. 

"Eu acho que ele fez um trabalho fantástico", disse Laudrup ao Omnisport. 

"Ele entrou em um momento difícil, conseguiu algo pela primeira vez na história da Champions League desde que começou em 93 - o primeiro time a ganhar a competição duas vezes consecutivas e em um deles também ganhou a La Liga espanhola ficando na frente do Barcelona, então acho que ele fez um trabalho fantástico nesta temporada" disse o ex-jogador. 

Zinedine Zidane, Real Madrid vs Barcelona, 17/18Foto: Getty

"Todo mundo estava falando desde o início da Supercopa, quando eles derrotaram o Barcelona, e naquele ano eles venceram tudo. Este ano não será assim, mas acho que o que ele conseguiu nos últimos dois anos deve ser mais do que suficiente para dar-lhe muito mais crédito mesmo que não ganhe nada. Ele deve ter muito crédito e deve continuar com seu trabalho" finalizou. 

Próximo artigo:
Quando e onde será disputado o Mundial de Clubes 2018?
Próximo artigo:
Libertadores: clubes brasileiros que mais chegaram... e avançaram das oitavas de final!
Próximo artigo:
Campeonato Brasileiro 2018: tabela completa e classificação por rodada
Próximo artigo:
Man City 0 x 1 Dortmund: Götze faz de pênalti e decide primeiro jogo da International Champions Cup
Próximo artigo:
Árbitro brasileiro da última Copa, Sandro Meira Ricci anuncia aposentadoria
Fechar

Utilizamos cookies para proporcionar-lhe uma melhor experiência online. Se continuar navegando em nosso site, consideramos que está de acordo com a nossa política de privacidade.

Exibir mais Aceitar