thumbnail Olá,

Emprestado ao Grêmio, lateral acha que terá nova chance se conseguir mostrar um bom futebol no Sul

Emprestado ao Grêmio até o final de 2013, o lateral-esquerdo André Santos ainda acredita em conquistar seu espaço no Arsenal. O jogador falou sobre suas expectativas para retornar ao Emirates Stadium em conversa com o Evening Standard, e garante ter o respaldo do técnico Arséne Wenger para dar a volta por cima no futebol inglês.

"Conversei com Wenger e decidimos juntos que seria uma boa chance para que eu pudesse recuperar meu futebol. Ele queria que eu ficasse, mas também que eu ficasse feliz. Não posso ficar feliz se não estou jogando", disse André.

"Se eu ainda tenho futuro no clube? Sem dúvidas. Minha intenção sempre foi de cumprir meu contrato até o fim. É um clube pelo qual me sinto honrado em representar, mas contrataram um outro lateral-esquerdo e ficou bem claro que eu não teria oportunidades."

"Com sorte, estarei no meu melhor quando voltar e poderei ajudar a equipe da melhor maneira que eu consigo imaginar."

A moral do brasileiro com a torcida dos Gunners também estava abalada desde o clássico contra o Manchester United no ano passado, quando o ala pediu para trocar camisas com o atacante Robin van Persie. Nem isso parece diminuir a confiança do brasileiro.

"O relacionamento com os torcedores foi muito bom até o incidente com Van Persie. Pedi desculpas por aquilo e segui em frente."

"Tenho muito respeito pelos torcedores do Arsenal. Espero poder voltar em breve e dar muitas alegrias a eles", concluiu.

André poderá fazer sua estreia com a camisa tricolor diante do Huachipato, na quinta-feira, quando a equipe gaúcha estreia na fase de grupos da Copa Libertadores.

Relacionados