thumbnail Olá,

O goleiro, que retornou ao Botafogo-SP, teve uma parada cardiorrespiratória durante exame médico do Liverpool

Reforço do Botafogo de Ribeirão Preto, o goleiro Doni revelou que esteve perto da morte no ano passado. O jogador, com passagens por Roma, Liverpool e seleção brasileira, passou por uma experiência dramática durante um exame médico de rotina na reapresentação de pré-temporada  em 2012, no clube de Anfield, na Inglaterra.

“Estava em um dos exames e tive uma parada cardiorrespiratória. Fiquei 25 segundos desacordado e quase fui para "o outro lado". A partir daí, fui para Londres, fiz vários exames e constataram que eu não fiquei com nenhuma sequela. Depois me mandaram de volta para Roma, onde tem um dos melhores médicos da Europa, que cuidou de mim nos seis anos. Depois de outros exames, os médicos pediram para eu ficar mais alguns meses parados”, disse.

O atleta, que já havia tido problemas cardíacos constatados na Roma, ainda lembrou que este médico, na Itália, o aconselhou a não jogar mais futebol

“Foi um período que me afetou psicológicamente, mas depois de uns meses passou, e agora está tudo normal”

Feliz em voltar para Ribeirão Preto, o goleiro faz planos de voltar aos gramados no ano que vem e se aposentar após o Campeonato Paulista, vestindo a camisa do clube que o revelou pro futebol.

Relacionados