thumbnail Olá,

Clube chinês nega ter atrasado salários com o marfinense e conta com ajuda da federação chinesa para barrar a transferência

O Shanghai Shenhua quer melar a ida de Didier Drogba para o Galatasaray. O clube chinês entrou com a documentação junto à Associação Chinesa de Futebol (CFA) provando que não atrasou salários com o jogador de Costa do Marfim, razão alegada por seus representantes para que o vínculo fosse desfeito antes que ele assinasse um contrato de um ano e meio com a equipe de Istambul.

Os responsáveis pela negociação no lado dos turcos garantem que o Shanghai devia três meses de salários a Drogba, informação contestada pelo clube asiático. A esperança dos chineses é de que a Associação não libere o atacante de 34 anos de suas obrigações contratuais, impedindo-o de atuar pelo Gala.

Ao lado de Sneijder, Drogba é um dos reforços de peso para a equipe turca, que encara o Schalke pelas oitavas-de-final da Champions League. A primeira partida está marcada para o dia 20 de fevereiro.

Relacionados