thumbnail Olá,

Clube divulgou comunicado oficial informando que pedida salarial do jogador foi muito alta

O Santos anunciou oficialmente nesta sexta-feira sua desistência da negociação com o meia-atacante Carlos Eduardo. Segundo o clube, não houve acerto de bases salariais com o brasileiro do Rubin Kazan-RUS, que pede muito e não aceita redução. Através de um comunicado oficial, o Peixe avisou que não irá mais dar prosseguimento às conversas.

"O clube realizou uma proposta adequada para os padrões do futebol brasileiro, enquadrada na política de responsabilidade fiscal do Santos, mas as negociações não evoluíram. O Santos deseja toda a sorte do atleta no prosseguimento de sua carreira," escreveu o clube no seu site.

Carlos Eduardo, que começou a carreira no Grêmio antes de se transferir para o Hoffenheim, da Alemanha, seria uma alternativa ao atacante Nenê, do PSG, que acabou acertando com o Al-Gharada, do Qatar. Tanto jogador quanto clube pareciam muito interessados em fechar o negócio, especialmente porque o Rubin Kazan concordou em liberá-lo sem custos. Mas a pedida salarial de Carlos Eduardo foi considerada muito acima da realidade santista, e o clube deu por encerradas as negociações.

O jogador e seu empresário ainda conversam com outros clubes no Brasil, sendo Fluminense e Flamengo os principais interessados.

Relacionados