thumbnail Olá,

A Goal.com revela com exclusividade o teor das propostas dos Gunners, que somente irá finalizar negócio pelo jogador do Atlético de Madrid se Villa não estiver disponível

EXCLUSIVO
Por Wayne Veysey | Correspondente

O Arsenal fez uma proposta oficial pelo atacante David Villa, ao mesmo tempo em que se prepara para uma segunda tentativa por Adrian Lopez, do Atlético de Madrid, revelou a Goal.com UK.

O clube londrino mantem as conversas com o Atlético pela contratação de Adrian depois de uma oferta incial de 10 milhões de libras ter sido recusada. Mas o Arsenal não irá até o fim com a negociação até que o Barcelona descarte completamente vender Villa ainda no mês de janeiro.

Arsene Wenger é um admirador de longa data do atacante espanhol, que fez 31 anos no último mês, e pretende pagar 13.8 milhões de libras para tê-lo em definitivo, além de manter o mesmo salário que ele recebe atualmente no Barcelona, de 110 mil libras semanais (ou 385 mil reais).

A Goal.com entende que Wenger descobriu que o maior artilheiro da história da Fúria Roja estaria muito interessado em se juntar ao Arsenal depois de passar por um período de frustração e poucas oportunidades no Camp Nou.

Mas o Barcelona está fazendo jogo duro e se mantem relutante em dispensar uma peça tão valiosa do elenco em meio a uma disputa pelos títulos da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol. O clube catalão rejeitou a possibilidade de deixar Villa sair por empréstimo até o fim da temporada.

Wenger deseja contratar um atacante de muita mobilidade e que consiga se adaptar a qualquer uma das posições na sua linha de frente e se encaixar bem ao lado de suas outras opções ofensivas, Theo Walcott e Olivier Giroud.

O Arsenal irá contratar apenas um jogador de peso para o ataque neste mês e os olhos de Wenger estão fixos em Villa, ou, em segundo caso, no seu companheiro de Espanha, Adrian.

Uma proposta de 12 milhões de libras deve ser o suficiente para firmar a contratação de Adrian, o que ainda é um pouco abaixo da cláusula de rescisão de £14.7 milhões no contrato do jogador com o Atlético.

A Goal.com revelou que o espanhol é um desejo antigo de Arsene Wenger, que o manteve em seu radar mesmo depois de não conseguir fechar negócio por ele no meio do ano. Mas a potencial dispobinilidade de David Villa abriu novos horizontes, ainda que seja muito incerto até que ponto o Barcelona esteja disposto a entrar na mesa para debater. Já com Adrian, a cláusula de rescisão é tudo que o Arsenal precisa para seguir em frente.

Os ingleses ainda não querem oferecer o valor integral da multa para tentar tirar proveito do fato de que Adrian perdeu um pouco do seu status no time de Diego Simeone. Apesar de ter marcado gols até pela sua seleção nesta temporada, Adrian começou apenas 6 jogos em 17 no Espanhol, tendo marcado dois gols. De qualquer forma, as referências que Wenger recebeu sobre o jogador por parte do seu time de scout foram ótimas. Adrian tem versatilidade e até mesmo considerado por muitos 'o novo Villa'.

Relacionados