thumbnail Olá,

Sheik lembra compromissos de portugueses com o Real Madrid e descarta contratações

A possibilidade de José Mourinho e Cristiano Ronaldo repetirem a parceria no Paris Saint-Germain parece distante de acontecer no curto prazo. Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube francês, voltou a negar as especulações que sugerem a transferência do craque português ao Parc des Princes, bem como a substituição do técnico Carlo Ancelotti pelo 'Special One'.

"Ronaldo é jogador do Real Madrid, respeito o clube e seu presidente. Então, se eu quisesse que ele viesse ao PSG, ligaria para ele antes de mais nada", disse, em declarações reproduzidas pelo Yahoo!Sport.

A troca da comissão técnica é uma possibilidade cada vez mais remota, ainda mais com a retomada que o PSG conseguiu na Ligue 1 antes do fim do ano.

"Acho que Mourinho conseguiu esclarecer sua situação no Real Madrid. Ele disse que só deixaria o clube depois de vencer uma Champions League. Agora, nós temos Carlo Ancelotti, e eu tenho plena confiança nele. Está fora de cogitação", acrescentou.

Com a chegada do brasileiro Lucas, é improvável que o milionário francês faça grandes investimentos até o fim de janeiro, quando a janela de transferências fecha novamente.

Relacionados