thumbnail Olá,

Rudi Voller falou ainda sobre a possibilidade de perder Dani Carvajal para o Real Madrid devido a uma cláusula no contrato do lateral

O diretor esportivo do Bayer Leverkusen, Rudi Voller, afirmou que o clube tomou a decisão certa ao recusar uma proposta do Chelsea e manter Andre Schurrle no elenco.

Os Blues estiveram atrás do meia-atacante no meio do ano, com as especulações sugerindo que o clube havia feito uma oferta de £16 milhões (aproximadamente R$56 milhões). Mas os alemães seguraram o jogador e Voeller reafirmou que esta foi a decisão correta, sugerindo, entretanto, que o interesse deve continuar.

"Sempre vai haver propostas por um jogador da qualidade dele [Schurrle], não só do Chelsea. Mas nós levamos numa boa. Foi a decisão certa não vendê-lo no começo da temporada," disse Voller ao jornal alemão Bild.

Outro jogador que vem chamando a atenção no Leverkusen é o lateral-direito Dani Carvajal, contratado por £4.1 milhões (quase R$15 milhões) junto ao Real Madrid. Mas há uma cláusula no contrato do jogador, que saiu diretamente das categorias de base do clube merengue, que permite aos espanhois recontratá-lo, com o valor crescendo a cada temporada. O dirigente espera que isso não aconteça.

"É claro que é um sonho para Carvajal jogar pelo Real Madrid um dia. Mas eu não acho que acontecerá no próximo ano. Espero que possamos aproveitá-lo por mai tempo," disse.

Voller ainda deixou seu pitaco a respeito da Liga dos Campeões, acreditando que o Bayern está entre os favoritos para levantar a taça, e da Liga Europa, onde o Leverkusen irá enfrentar o Benfica na fase de 16-avos-de-final.

"Temos um oponente muito forte no Benfica, mas queremos ficar na competição o máximo de tempo possível. O Borussia Dortmund tem uma chance na Liga dos Campeões. Mas os favoritos para mim são Barcelona e Bayern," finalizou.

Relacionados