thumbnail Olá,

Situação entre clube e jogador segue indefinida desde setembro, e veterano já tem propostas da Série A

A demora do Palmeiras em definir a continuidade da equipe para a temporada 2013 incomoda o volante Marcos Assunção e seus representantes. Em conversa com o Globoesporte, o empresário do veterano, Ely Coimbra Filho, cobra uma posição por parte do clube, que não respondeu à contraproposta para encaminhar a renovação do capitão com o Verdão.

"Até agora, não acertamos. Conversamos em setembro. Eles fizeram uma oferta, fizemos uma contraproposta e não teve mais nada. Até porque ocorreu uma reunião do COF (Comitê de Orientação Fiscal) do clube na semana passada e não houve como negociar. A paciência do Marcos Assunção acaba na semana que vem, no dia 31. Até lá, vamos aguardar o Palmeiras se manifestar", disse o empresário.

Segundo Coimbra, o camisa 20 dará prioridade à oferta alviverde para disputar a última temporada de sua carreira. Passado o prazo final, pensará nas demais propostas de clubes brasileiros.

"O Marcos já tem em mãos outras propostas de clubes que vão disputar a Série A do Campeonato Brasileiro. Se até o final do ano não se modificar em relação ao Palmeiras, ele terá de continuar com a vida dele", afirmou o representante.

Assunção, 36 anos, defende o Palmeiras desde 2010, depois de dez anos atuando no exterior.

Relacionados