thumbnail Olá,

Gilvan garantiu que o possível retorno de Robinho, até mesmo para outras equipes, como Santos e São Paulo, não passa de invenções

Em entrevista ao site Lancenet, o empresário e pai de Robinho, Gilvan de Souza, negou que haja um interesse concreto do Atlético - MG em seu filho. Gilvan garantiu que o possível retorno de Robinho, até mesmo para outras equipes, como Santos e São Paulo, não passa de invenções.

"Isso tudo ai é pura especulação. Não existe nada disso. Todo dia colocam que o Robinho vai jogar no Atlético
Mineiro, Santos e São Paulo. Mas ele não sai do Milan. Tem contrato até 2014 e irá cumprí-lo".

O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, ainda antes do Campeonato Brasileiro se encerrar, viajou até a Europa para se aproximar do Al-Gharafa (QAT), clube de Diego Tardelli. O diretor do Galo também tentou convencer Robinho de querer defender o clube, em 2013. Mas Kalil voltou ao Brasil sem um resultado positivo das tratativas.

A insatisfação do jogador no Milan seria um dos motivos que fortaleceram a possível mudança de Robinho para a equipe mineira. Gilvan de Souza apontou que seu filho se sente muito bem em Milão e que, por isso, não irá voltar ao Brasil, pelo menos, nesta janela de transferências de fim de ano.

"O jogador está feliz quando joga. E o Robinho vem jogando no Milan, gosta do clube e vai ficar lá. Ele não volta ao Brasil neste momento. Sempre alimentam a vontade do jogador, mas quem responde por ele sou eu ou a advogada do Robinho".

Robinho estava na reserva do Milan, atuou apenas 9 vezes na Serie A, tento marcado dois gols e duas assistências. Nas últimas três jornadas da competição, Robinho começou como titular da equipe italiana.O Milan está sétima colocação do Campeonato Italiano, que está em sua 17ª rodada.


Relacionados