thumbnail Olá,

Relação do goleiro com o clube cruz-maltino acabou de forma judicial. Clube promete tentar recurso

Fernando Prass não é mais goleiro do Vasco. Pegando de surpresa a diretoria do clube, o goleiro levou uma ação ao TRT do Rio e á CBF, e conseguiu seu desligamento de forma judicial. Segundo a direção do clube, se pensava que o acordo seria feito de forma amigável:

"Achávamos que tinha sido amigável, mas mudou tudo. Recebi ligações e apuramos que foi na esfera da Justiça. Não esperávamos, até pela pessoa dele. É um amigo, assim como outros do atual elenco. Que podemos confiar e sempre agregam. Amanhã (terça-feira) vamos ao TRT e até verificar junto à CBF para entender a ação. Se possível, vamos derrubar ou tentar um acordo", disse Aníbal Rouxinol, vice jurídico do Vasco, acenando com um possível recurso do clube.

Segundo o novo diretor executivo do clube, René Simões, o goleiro tem uma proposta irrecusável do Palmeiras, porém afirmou que o desfecho do acordo saiu diferente do que havia sido combinado entre Prass e o Vasco.

"O Prass esteve aqui com seu agente e conversamos. Ele me passou a proposta e, em se tratando de goleiro, é realmente excepcional. Mas hoje (segunda), após essa informação, tentei entrar em contato com os dois, deixei recado, mas não obtive retorno. Já entrei em contato com os nossos advogados para saber no que se baseia essa rescisão", disse.

Relacionados