thumbnail Olá,

Comissão técnica dos Sky Blues chegou ao limite com o italiano, primeiro lugar na lista de dispensas para a janela de inverno

EXCLUSIVO
Por Greg Stobart - Reino Unido

O técnico Roberto Mancini e o Manchester City parecem ter chegado ao limite com as extravagâncias do atacante Mario Balotelli. Segundo Goal.com apurou, o clube inglês estabeleceu prazo até o final do ano para o italiano se 'endireitar' dentro e fora de campo, caso contrário será colocado na lista de negociáveis para a janela de transferências que reabre em 2013.

A grande interrogação é em relação ao tipo de negócio que o clube pode conseguir. Os Sky Blues não tem a intenção de jogar fora o investimento feito no atacante há duas temporadas, cerca de 20 milhões de libras (R$ 66 milhões), ainda mais por temerem que o valor de marcado do polêmico atacante se reduza com o passar do tempo. A possibilidade de liberá-lo por empréstimo, porém, poderia atrair mais interessados em sua contratação, com o Milan ainda encabeçando a relação de equipes.

Mesmo tendo protegido o jogador em outras oportunidades, Roberto Mancini sinaliza cada vez mais que o clube está cansado do investimento.

"Eu adoro Mario, mas é importante que ele comece a pensar no seu emprego. Ele tem tudo para jogar bem, mas não pode continuar atuando como hoje [domingo, na derrota para o rival United]. Queremos mais dele", disse o italiano.

"Quando você vê um jogador de qualidade como Mario, não dá pra entender como ele continua jogando tudo pela janela. É incrível. Já vi ótimos jogadores que, no fim das contas, não conseguiram nada para suas vidas, e não quero que Mario termine como eles. Seria muito ruim para ele."

A posição, no entanto, não parece ser compartilhada pelo empresário do jogador, Mino Raiola. Ele garantiu que Balotelli continuará sendo um Citizen até o fim da temporada.

"Com certeza. Podem me perguntar isso outras quatrocentas vezes, e eu vou dar sempre a mesma resposta", afirmou o agente.

Relacionados