thumbnail Olá,

Processo movido contra o Guarani, ex-clube do atacante, levou à decisão nesta segunda-feira

O atacante Bruno Mendes não é mais jogador do Botafogo. A Justiça decidiu, nesta segunda-feira, que o jogador de 18 anos, uma das surpresas do returno do Brasileirão, deve ter seu vínculo com os cariocas terminado e reestabeleceu o contrato do jovem junto ao Guarani. O processo foi movido pelo zagueiro Andrei, que reinvindicou salários atrasados junto ao clube campineiro e conseguiu a penhora dos direitos do jogador.

A diretoria do Botafogo entrou com um pedido de anulação da sentença, e uma nova audiência foi marcada para o dia 11 de janeiro, já no início da próxima temporada. Bruno estava emprestado aos alvinegros até o final de 2013, após empresários terem adquiridos seus direitos junto ao Bugre e inscrevê-lo no Macaé até 2017. Ambos os vínculos já foram desfeitos no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Bruno foi um dos pontos positivos da campanha recente do Botafogo, tendo anotado seis gols em oito partidas.

Relacionados