thumbnail Olá,

Meia ficou impossibilitado de deixar o país em virtude do litígio com o Al-Ittihad. Jogador é sondado por Vasco e Santos

O meia Diego Souza, enfim, está deixando a Arábia Saudita. Depois de mover um processo por salários atrasados contra o Al-Ittihad e ter sua documentação retida pelo clube, ele conseguiu um acerto para poder sair do país e retornar ao Brasil. O jogador volta ao país para decidir seu futuro.

"Está tudo encaminhado. Essa semana devo estar voltando ao Brasil", contou ao Globoesporte.

Sem receber há três meses, Diego viu sua relação com o clube saudita se deteriorar ainda mais nas últimas semanas. Ele se negou a entrar em campo em partida entre a equipe e o Al-Ahli, pela volta das semifianais da Champions League asiática, no último dia 31. Após entrar em contato com um escritório de advocacia no Rio de Janeiro, o atleta conseguiu sua liberação.

"O processo foi tranquilo, apenas um pouco nervoso. Fiquei em espera, dependendo da boa vontade dos outros. Não foi fácil."

Mais tranquilo, o meia deve decidir seu futuro em breve. Santos e Vasco já expressaram publicamente o interesse em repatriar o jogador.

"Deixa eu chegar no Brasil antes, não quero falar nada sobre futuro. Antes preciso resolver minha situação por completo. O objetivo é pegar a minha família e voltar para minha casa no Rio de Janeiro", encerrou.

Diego chegou ao Al-Ittihad em julho deste ano, após o fim da campanha cruz-maltina na Copa Libertadores da América.

Relacionados