thumbnail Olá,

A chegada do zagueiro argentino Escudero não é a contratação que o técnico Marcelo Oliveira mais quer

A chegada do zagueiro argentino Escudero não é a contratação que o técnico Marcelo Oliveira mais quer. Após o empate com o Bahia, no domingo, o treinador elogiou a chegada do novo atleta alviverde, mas reforçou o pedido por atacante.

"Mas a nossa necessidade mais eminente é de um atacante", disse.

Experiente, Escudero tem 29 anos e acumula passagens por Argentino Juniors e Corinthians. No clube brasileiro, ele ajudou o grupo a conquistar a Copa do Brasil e Paulistão de 2009. A fama do atleta é de ser firme na defesa, inclusive, com alguns exageros na hora de marcar.

"Conheço o Escudero do Corinthians. É um jogador que a gente sabe do potencial. Acredito que trazer ele seja uma oportunidade para o clube. É um zagueiro capitão lá na Argentina e tem currículo. Vai ser uma força a mais que a gente vai ter na defesa".

 Para Oliveira, é importante aumentar o número de opções na zaga. Nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Coritiba sofreu com o alto número de suspensões e falhas na defesa. Atualmente, o time paranaense tem a pior defesa do campeonato, com 23 gols tomados em 11 jogos.

"No setor defensivo sempre perdemos algum jogador. Perdemos o Pereira, que ainda deve ser julgado, perdemos o Emerson agora e depois vem o Demerson. Precisa sempre estar em combate direto e sempre alterna muito ali", completou.

O Coritiba segue em concentração no Nordeste e na quarta-feira enfrenta o Náutico, fora de casa, às 20h30.

Relacionados