thumbnail Olá,

Clube argentino não voltou para o segundo tempo e Tricolor venceu por W.O.

A final da Copa Sul-Americana ainda vai render muita coisa. Em nota, o vice-presidente da Confederação Sul-americana de Futebol, Eugenio Figueredo, disse que o jogo entre São Paulo e Tigre não poderia ter sido terminado como o árbitro Enrique Osses fez.

"O juiz não pode terminar nenhuma partida assim; ele pode sim suspender. É a Confederação que decide. " Vamos esperar as informações da Polícia para estudarmos e definirmos algo", afirmou Figueiredo, em nota oficial publicada pelo El Gráfico Chile.

O dirigente também lamentou o ocorrido. "É uma lástima, pois a Copa Sul-Americana estava ganhando notoriedade novamente, com uma equipe como o São Paulo e outra que estreava. Nunca pensaríamos que pudesse acontecer uma situação como essa. Ficamos tristes, pois nada disso favorece o futebol sul-americano.”

São Paulo e Tigre faziam a final normalmente, a equipe brasileira vencia por 2 a 0. No intervalo, os jogadores argentinos alegaram que foram agredidos por seguranças e funcionários do tricolor paulista. Por isso, eles teriam recusado voltar para o segundo tempo.

Relacionados