Donatti diz que pediria desculpas a Luis Fabiano

Zagueiro do Tigre também aponta o episódio como "maior erro de sua vida"
Responsável pelo lance que provocou a expulsão de Luis Fabiano aos 13 minutos do primeiro tempo no jogo de ida da final da Copa Sul-Americana e pela maior perda do São Paulo na competição, que também ficará sem o artilheiro no último jogo, Alejandro Donatti se mostra arrependido.

O jogador, que também foi expulso e perderá a oportunidade de defender seu time na final, declarou durante um evento promovido pela Conmebol e pela Bridgestone, patrocinadora da Copa Sul-Americana, que considera o ocorrido como um grande erro e que está disposto a pedir desculpas a Luis Fabiano.

"Foi o maior erro da minha vida. Não vou poder estar em campo na final e fiquei muito mal pelo que aconteceu. Me arrependo pelo chute, não sou assim. É só a segunda expulsão da minha carreira, não sou de bater. Peço desculpas a meus companheiros, ao Luis Fabiano. Se nos encontrássemos, pediria desculpas. É um grande jogador e uma grande pessoa", disse Donatti.

Apesar de admitir ter errado no lance com Luis Fabiano, o argentino não concordou com as reclamações dos são-paulinos a respeito do excesso de violência durante o jogo em Buenos Aires. Donatti explicou que este é o estilo argentino de jogo e que, principalmente em uma final, não poderia ser diferente. "Somos argentinos, nosso estilo de jogo é pressionar", disse o jogador que, mesmo impedido de jogar a final, não abriu mão de viajar com sua equipe para a final, no Morumbi.