thumbnail Olá,

Técnico alerta e pede time focado em jogar futebol, e cita Emerson Sheik como exemplo do que não fazer na decisão da Sul-Americana

Depois de empatar em 0 a 0 na Argentina, o São Paulo traz a decisão contra o Tigre para sua casa, com boas chances de vencer a Copa Sul-Americana pela primeira vez em sua história. Para que isso aconteça, porém, vai precisar superar as provocações dos adversários no Morumbi, se concentrar em fazer uma boa partida e fazer valer a vantagem no confronto. É a receita do técnico Ney Franco a seus jogadores.

"Independentemente da postura do adversário, temos de entrar e jogar bola. A responsabilidade é toda nossa. Nós temos que propor o jogo. Arbitragem sul-americana é sempre assim", disse o treinador, antes de pedir também atenção aos árbitros.

"O brasileiro pegou uma fama que é cai-cai e, dependendo do juiz, a catimba sul-americana é favorecida. Enfrentaremos uma equipe que marca forte e que é desleal em alguns momentos, mas teremos de passar por cima disso. O título está acima de tudo."

Um exemplo recente mostra bem como a catimba dos 'hermanos' pode trazer prejuízos ao coletivo: o atacante Emerson foi flagrado em vários lances revidando contra jogadores do Boca Juniors na final da Copa Libertadores, no meio do ano.

Mesmo com toda a preparação da equipe, Ney espera uma arbitragem capaz de evitar fatores secundários e proporcionar um bom espetáculo na capital paulista.

"É um exemplo interessante. Vamos editar um vídeo com alguns lances da última partida com faltas que nossos jogadores sofreram. São exemplos que levaremos a campo para não cair na catimba. Atletas como Jadson, Cortez, Osvaldo apanharam bastante e seguiram buscando o gol adversário na jogada seguinte. É isso que queremos."

"Espero ter aqui na quarta-feira um juiz que saiba levar o jogo, que saiba interpretar a regra para os dois lados", concluiu o treinador.

São Paulo e Tigre se enfrentam a partir das 21h50m desta quarta-feira. Goal.com trará a cobertura em tempo real do confronto.

As falas foram extraídas do Globoesporte.