thumbnail Olá,

O problema existe "graças" ao show da cantora Madonna, marcado desde o início do ano para o dia 4 de dezembro – véspera do primeiro jogo da final da competição

Caso o São Paulo passe pela Universidad Católica na Semi da Copa Sul - Americana e confirme a vaga na final, uma possível decisão contra o Millonarios, da Colômbia, não poderá ser realizada no Morumbi. O problema existe "graças" ao show da cantora Madonna, marcado desde o início do ano para o dia 4 de dezembro – véspera do primeiro jogo da final da competição.

Por sorteio, realizado logo no início da Sul-Americana, os mandos de campo nas fases finais foram definidos: caso o Tigre, da Argentina, se classifique, o Tricolor faz o segundo jogo em casa e o problema está resolvido - a grande decisão está marcada para 12 de dezembro. Se o rival for o time dos Millonarios, no entanto, o São Paulo seria obrigado a mandar o primeiro jogo no dia 5 de dezembro, sem tempo hábil para desmontar todo o aparato do show da cantora.

O Tricolor seria obrigado a mandar a partida no Pacaembu, já que a possibilidade de mudar a data do show está completamente descartada. Por pouco, até mesmo a semifinal contra os chilenos não teria de ser disputada em outro estádio. A montagem do palco de Madonna seria iniciada no próximo dia 26, mas, diante da insistência de pessoas ligadas ao clube em conversas com a organizadora do evento, a data foi alterada para o dia 28, logo após o término da partida contra a Universidad Católica.

Apesar de as datas da final ainda não terem sido confirmadas pela Conmebol, não há dias livres para tentar adiar a decisão. O São Paulo também não cogita a hipótese, já que diminuiria as férias dos atletas e, consequentemente, prejudicaria a preparação para a Libertadores do ano que vem.


Relacionados