thumbnail Olá,

Tricolor não elimina o Timão em um mata-mata há 13 anos

POR FERNANDO H. AHUVIA - DIRETO DE SÃO PAULO

Está chegando a hora de Corinthians e São Paulo começarem a decidir o título da Recopa Sul-Americana de 2013. Os dois rivais, que já protagonizaram grandes duelos de mata-mata ao longo da história, vão se enfrentar pela primeira vez em uma final de torneio internacional.

Quando o assunto é mata-mata, o Corinthians apresenta grande vantagem contra o São Paulo. O Timão tem o dobro de vitórias em relação ao Tricolor em jogos decisivos. Foram 15 confrontos até hoje em partidas oficiais, com 10 vitórias alvinegras contra cinco do time do Morumbi.

Enquanto Corinthians e São Paulo não entram em campo, o Goal.com relembra todos os confrontos eliminatórios da história desse grande clássico paulista:

VITÓRIAS DO CORINTHIANS

Final do Campeonato Paulista de 1982

SÃO PAULO 0 X 1 CORINTHIANS

CORINTHIANS 3 X 1 SÃO PAULO

A primeira decisão entre as duas equipes no sistema de mata-matas aconteceu no Campeonato Paulista de 1982. Naquela ocasião, o Corinthians venceu o São Paulo nos dois jogos e conquistou o primeiro dos dois títulos da “Democracia Corinthiana”.

Mesmo enfrentando a “Máquina Tricolor” bicampeã paulista de 1980/81, o Timão venceu o primeiro jogo com gol único de Sócrates. No segundo, o time comandado pro Mário Travaglini voltou a vencer, agora por 3 a 1, com dois gols de Biro-Biro e um de Casagrande. Dario Pereyra descontou para o São Paulo.

Final do Campeonato Paulista de 1983

CORINTHIANS 1 X 0 SÃO PAULO

SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Assim como no ano anterior, os dois rivais enfrentaram-se na decisão do Paulistão. Novamente o Corinthians de Sócrates, Wladimir, Zenon Biro-Biro e Casagrande conquistou a competição.

No primeiro jogo, vitória do Timão por 1 a 0, com gol de Sócrates. Na volta, mais uma vez, o “Doutor” marcou para o time alvinegro. Marcão ainda empatou para o São Paulo, mas não conseguiu evitar a festa corintiana, já que o empate favorecia a equipe.

Final do Campeonato Brasileiro de 1990

CORINTHIANS 1 X 0 SÃO PAULO

SÃO PAULO 0 X 1 CORINTHIANS

A primeira decisão de âmbito nacional entre as duas equipes aconteceu na final do Campeonato Brasileiro de 1990. O São Paulo de Telê Santana era o favorito, mas o título ficou com o Corinthians de Nelsinho Baptista.

Em ambas as partidas, o Timão venceu pelo placar mínimo e conquistou o primeiro Brasileirão de sua história. Wilson Mano fez o gol do primeiro jogo e Tupãzinho o do segundo.

Semifinal do Campeonato Paulista de 1999

CORINTHIANS 4 X 0 SÃO PAULO

SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Na semifinal do Campeonato Paulista de 1999, o Corinthians deu um verdadeiro show ao golear o São Paulo por 4 a 0, com dois gols de Marcelinho, um de Ricardinho e um de Dinei. No jogo de volta, bastou um empate em 1 a 1 para a equipe se classificar para a decisão contra o Palmeiras.

Semifinal do Campeonato Brasileiro de 1999

SÃO PAULO 2 X 3 CORINTHIANS

CORINTHIANS 2 X 1 SÃO PAULO

Corinthians e São Paulo voltariam a se encontrar na semifinal do Campeonato Brasileiro. Graças a atuação destacada do goleiro Dida, o Timão levou a melhor mais uma vez e se garantiu na decisão.

Na partida de ida, vitória do time alvinegro por 3 a 2 graças ao goleiro Dida, que defendeu duas cobranças de pênalti de Raí. No segundo jogo, nova vitória do Corinthians: 2 a 1.

Semifinal da Copa do Brasil de 2002

SÃO PAULO 0 X 2 CORINTHIANS

CORINTHIANS 1 X 2 SÃO PAULO

No único confronto entre as duas equipes pela Copa do Brasil, o Corinthians levou a melhor e conquistou a competição pela segunda vez ao bater o Brasiliense na decisão.

O Timão venceu a primeira partida por 2 a 0, com dois gols do atacante Deivid. Na volta, o São Paulo bem que conseguiu vencer, mas o resultado de 2 a 1 não foi o suficiente para eliminar o time do Parque São Jorge.

Final do Torneio Rio São-Paulo de 2002

SÃO PAULO 2 X 3 CORINTHIANS

CORINTHIANS 1 X 1 SÃO PAULO

Depois de 36 anos, o Corinthians voltou a conquistar o torneio Rio São-Paulo. Depois de ter terminado na liderança da fase de grupos disputada com 16 times, o Timão passou pelo São Caetano na semifinal. O adversário da decisão seria o time do Morumbi.

No primeiro jogo, vitória do Corinthians por 3 a 2, com gols de Deivid, Leandro e Gil. Adriano e Beletti descontaram para o São Paulo. Na volta, empate em 1 a 1. Reinaldo fez para o São Paulo e Rogério, de falta, empatou para o time do Parque São Jorge.

Final do Campeonato Paulista de 2003

CORINTHIANS 3 X 2 SÃO PAULO

SÃO PAULO 2 X 3 CORINTHIANS

Em 2003, o Corinthians voltou a conquistar o Campeonato Paulista sobre o São Paulo. Na decisão, duas vitórias por 3 a 2. 

No primeiro jogo, Rogério, Fábio Luciano e Gil marcaram para o Timão, enquanto Luis Fabiano e Reinaldo descontaram para o Tricolor. Na volta, Jorge Wagner, duas vezes, e Liedson marcaram para o time do Parque São Jorge. Luis Fabiano e Fabiano anotaram para a equipe do Morumbi.

Semifinal do Campeonato Paulista de 2009

CORINTHIANS 2 X 1 SÃO PAULO

SÃO PAULO 0 X 2 CORINTHIANS

Reforçado pelo atacante Ronaldo Fenômeno, o Corinthians superou o São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista com duas vitórias.

No primeiro jogo, no Pacaembu, o Timão conquistou uma vitória heroica por 2 a 1, cum um gol de Cristian no último minuto da partida. Na volta, no Morumbi, os comandados de Mano Menezes venceram por 2 a 0, com gols de Douglas e Ronaldo.

Semifinal do Campeonato Paulista de 2013

SÃO PAULO 0 (3) X (4) 0 CORINTHIANS

No último duelo de mata-mata entre os clubes, o Corinthians levou a melhor mais uma vez. Em jogo único disputado no Morumbi, as duas equipes empataram sem gols e a decisão foi para os pênaltis.

Nas cobranças, o Timão foi mais eficiente e converteu quatro das suas cinco cobranças, enquanto o Tricolor desperdiçou duas.

VITÓRIAS DO SÃO PAULO

Final do Campeonato Paulista de 1987

CORINTHIANS 1 X 2 SÃO PAULO

SÃO PAULO 0 X 0 CORINTHIANS

A primeira vitória do São Paulo sobre o Corinthians em mata-matas aconteceu no ano de 1987. O Tricolor venceu o primeiro jogo e empatou o segundo. Ambas as partidas foram disputadas no Morumbi.

No primeiro jogo, vitória são-paulina por 2 a 1. Edivaldo e Lê marcaram os gols do Tricolor, enquanto João Paulo descontou para o Timão. No segundo jogo, bastou um empate sem gols para que o time do Morumbi ficasse com o título.

Final do Campeonato Paulista de 1991

CORINTHIANS 0 X 3 SÃO PAULO

SÃO PAULO 0 X 0 CORINTHIANS

Em 1991, o São Paulo voltou a derrotar o Corinthians na final do Campeonato Paulista. Graças a atuação mágica de Raí.

Na primeira partida, Raí fez os três gols da vitória são-paulina por 3 a 0. O Corinthians ainda perdeu um pênalti com Wilson Mano. No segundo jogo, assim como já havia acontecido em 1987, o time do Morumbi garantiu o troféu com um empate sem gols.

Semifinal da Copa Conmebol de 1994

CORINTHIANS 3 X 4 SÃO PAULO

SÃO PAULO 2 (5) X (4) 3 CORINTHIANS

O único confronto entre as duas equipes em um torneio internacional, aconteceu na Copa Conmebol de 1994 e os dois confrontos foram recheados de gols e emoção.

Na partida de ida, foram sete gols: 4 a 3 São Paulo. Juninho Paulista, com três gols, foi o grande destaque do duelo. Na volta, o Corinthians venceu por 3 a 2 e a decisão acabou indo para as penalidades máximas. Pelo lado do Tricolor, apenas Caio desperdiçou a cobrança, enquanto Gralak e Leandro Silva perderam para o Timão.

Final do Campeonato Paulista de 1998

CORINTHIANS 2 X 1 SÃO PAULO

SÃO PAULO 3 X 1 CORINTHIANS

Na decisão do Campeonato Paulista de 1998, o São Paulo conseguiu tirar a invencibilidade do Corinthians na última partida da competição e acabou ficando com o título.

No primeiro jogo, o Timão venceu por 2 a 1. No segundo, porém, o Tricolor venceu por 3 a 1, com dois gols de França e um de Raí. Didi fez o de honra para o time alvinegro.

Semifinal do Campeonato Paulista de 2000

SÃO PAULO 2 X 1 CORINTHIANS

CORINTHIANS 0 X 2 SÃO PAULO

O último confronto eliminatório em que o São Paulo eliminou o Corinthians foi o da semifinal do Paulistão de 2000. Na ocasião, o Tricolor bateu o Timão nas duas partidas disputadas no Morumbi.

No jogo de ida, o São Paulo venceu por 2 a 1, com gols de Marcelinho Paraíba. Na volta, Edu marcou os dois gols da vitória por 2 a 0.

Relacionados