thumbnail Olá,

Goal.com relembra alguns brasileiros que brilharam no Barça e podem servir de inspiração para Neymar

O Barcelona não fez uma temporada brilhante, apesar do título do Campeonato Espanhol, e ainda acabou humilhado por um espetacular Bayern Munique na Champions League. Por isso, a equipe decidiu se reforçar para o próximo ano com o principal nome do futebol brasileiro: Neymar.

Com apresentação marcada para essa segunda, o ex-atacante do Santos vai tentar repetir o sucessos de alguns jogadores nacionais que vestiram a camisa do Barça e tiveram sucesso. O Goal.com separou os principais nomes que Neymar pode usar como inspiração para brilhar no novo clube.

Evaristo de Macedo (1957 - 1962)

Evaristo não foi apenas um craque e ídolo que passou no Barcelona. O ex-jogador foi o primeiro brasileiro a vestir a camisa grená e não fez feio. Durante as temporadas 1957 e 1962, o atacante foi titular, ganhou título e entrou para história do clube.

Além dos dois títulos no Campeonato Espanhol, Evaristo foi tricampão da extinta Copa da UEFA. Até hoje, ele é idolatrado no Barça e reconhecido como um dos maiores artilheiros brasileiros que a equipe já teve.

 

 

 

Romário (1993 - 1995)

É impossível falar de brasileiros no Barcelona e não lembrar da passagem de Romário pelo time catalão. Apenas duas temporadas, entre 1993 e 1995, mas o suficiente para escrever o nome na história do clube.

Além do título do Campeonato Espanhol, Romário foi finalista dois anos consecutivos do prêmio de melhor jogador do mundo. Em 1993, ele ficou na segunda colocação, mas no ano seguinte levou o prêmio. Em 1994, ele ainda conquistou a Copa do Mundo pelo Brasil.

O 'baixinho' não ficou mais tempo no Barça pelo temperamento. Logo após ser campeão mundial, ele afirmou que gostaria de voltar para o Brasil e, naquele mesmo ano, assinou com o Flamengo.

 

Ronaldo (1996 - 1997)

Na temporada 1996/97, o Barcelona decidiu apostar em um atacante até então desconhecido que jogava no PSV, da Holanda. E o time acabou descobrindo um dos maiores craques que o mundo já viu. Apesar de ter ficado apenas uma temporada, Ronaldo brilhou com a camisa grená.

Foi no Barça que o Fenômeno apareceu para o futebol mundial, principalmente pelas jogadas individuais em velocidade e os vários gols marcados pela equipe. Foi neste mesmo ano de 1996 que Ronaldo venceu o prêmio de melhor jogador do mundo pela primeira vez.

 

 

Giovanni (1996 - 1999)

O atacante Giovanni foi outro brasileiro que teve certo destaque no clube catalão. Ficou por três temporadas, 1996 até 1999, e além de deixar alguns gols também levou alguns títulos. Foi campeão espanhol duas vezes, assim como bicampão da Copa do Rei. Ele ainda levou uma Recopa da Europa e uma Taça das Taças.

Assim como Neymar, Giovanni saiu ídolo do Santos e foi brilhar na equipe do Barça. Apesar de nunca ter sido considerado um craque, como é o caso do jovem santista atual, Giovanni foi bem no clube e é lembrado pela torcida até hoje.

 

 

 

 

 

Rivaldo (1997 - 2002)

O Barcelona teve no final do anos 90 uma equipe repleta de jogadores renomados. Porém, um desse seria também um dos principais brasileiros que passou pelo clube. Rivaldo, que já tinha se destacado no Deportivo La Coruña, assinou com a equipe para se tornar um jogador respeitado mundialmente.

Ele passou cinco temporadas da equipe, foi ídolo, eleito melhor jogador do mundo e conquistou alguns títulos como dois Campeonatos Espanhóis e uma Supercopa da Europa. O ex-camisa 10 é até hoje reconhecido como um dos melhores que passou por lá.

 

 

 

Sylvinho (2004 - 2009)

Apesar de ser menos citado e lembrado no Brasil apenas pelos torcedores do Corinthians, o lateral Syvinho é ídolo no Barcelona. Entre 2004 e 2009, o brasileiro disputou cinco temporadas e carregou consigo uma coleção de troféus. Foram três conquistas no Campeonato Espanhol, duas Champions League, uma Copa do Rei e duas Supercopas da Espanha.

 

 

 

 

 

Ronaldinho (2003 - 2008)

Talvez um dos motivos de Sylvinho ser menos lembrado pelos brasileiros é por conta da presença de Ronaldinho no Barça na mesma época. O dono da camisa 10 na época não é só considerado um ídolo lá, mas também o responsável pelo começo da dominação da equipe pela Espanha e Europa que aconteceu nos anos recentes.

Ronaldinho é considerado por muitos como o maior brasileiro que o Barça já teve. Durante os cinco anos que ficou por lá, entre 2003 e 2008, o Gaúcho teve episódios históricos, como ser aplaudido em pleno Santiago Bernabeu pela torcida do Real Madrid, principal rival. No clube, o meia foi eleito duas vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa, além de conquistar uma Champions e outros vários títulos.

Ronaldinho Gaúcho pode servir como maior inspiração para Neymar. O meia saiu do Grêmio com enorme expectativa e pouco fez no Paris Saint-Germain. Mas, foi no Barcelona que ele encontrou o bom futebol e chegou a ser comparado com lendas do futebol, como Pelé e Maradona. O único problema de Ronaldinho foi prazo curto de validade, muito pela vida bastante agitada fora dos gramados.

Relacionados