thumbnail Olá,

Após se enfrentarem na fase de grupos, Galo e Tricolor voltam a medir forças nas oitavas de final da competição continental

POR FERNANDO H. AHUVIA - DIRETO DE SÃO PAULO

São Paulo e Atlético-MG começam nesta quinta-feira, às 20h15, no Morumbi, o único confronto de brasileiros nas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Melhor time da fase de grupos, o Galo teve a oportunidade de eliminar o rival e ter um adversário menos complicado, mas acabou perdendo por 2 a 0 para o próprio Tricolor na última rodada da chave. O time comandado por Ney Franco contou com a força da torcida e mostrou muita raça e superação para conseguir a vaga.

Tricolor chega com o ânimo renovado

Tricampeão da Libertadores, o São Paulo chega às oitavas de final da competição com o  ânimo renovado após conseguiu se impor pela primeira vez na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG.

Para os jogadores são-paulinos, no mata-mata a situação será bem diferente da que o clube passou na fase de grupos. Já na partida desta quinta-feira, Ney Franco poderá contar com o meia Jadson, que cumpriu suspensão no último jogo. Outro reforço importante é o de Luis Fabiano, que suspenso por quatro jogos pela Conmebol, estará a disposição no jogo de volta, no Independência. Além da dupla, o treinador do Tricolor ainda conta com peças importantes como o ídolo Rogério Ceni, o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Osvaldo.

Como se classificou com a pior campanha da fase de grupos, o São Paulo precisará decidir os confrontos de mata-mata sempre fora de casa. Diante disso, o time sabe da importância de jogar bem e fazer o resultado no Morumbi, que estará lotado nessa noite. Jogando no estádio, o Tricolor não perde em torneios continentais faz tempo. O último revés aconteceu em 2009 diante do Cruzeiro. De lá pra cá, foram 12 vitórias e cinco empates em 17 partidas.

Conta também a favor a tradição do São Paulo na Libertadores. Já o Galo, que não disputava a competição desde 2000, nunca venceu o torneio.

Galo aposta no seu futebol envolvente

Com cinco vitórias e apenas uma derrota, justamente para o São Paulo, a equipe comandada por Cuca terminou a fase de grupos com a melhor campanha da Copa Libertadores e, portanto, terá a oportunidade de sempre decidir a vaga ao lado de sua torcida no Indepêndencia, estádio em que sustenta longa invencibilidade.

O torcedor do Galo espera que o time adote uma postura bem diferente da que foi mostrada na derrota por 2 a 0 para o São Paulo, no Morumbi. Na ocasião, o craque Ronaldinho Gaúcho chegou a dar declarações polêmicas sobre a postura do time no confronto.

Para mostrar o futebol envolvente que chamou a atenção de todos neste ano, o técnico Cuca deverá contar com as voltas de Bernard e Diego Tardelli, dois atletas importantíssimos no esquema tático da equipe ao lado de Ronaldinho Gaúcho e Jô no sistema ofensivo.

Na defesa, o capitão e ótimo zagueiro Réver terá a companhia do pentacampeão Gilberto Silva, que irá substituir o suspenso Leonardo Silva. Além disso, a inscrição do volante Josué, recém-contratado do Wolfsburg-ALE, é mais uma ótima opção para o treinador atleticano.

Relacionados