thumbnail Olá,

Decisão da Copa Libertadores de 2012 já será reeditada nas oitavas de final deste ano. Xeneizes vivem péssimo momento

POR FERNANDO H. AHUVIA

Hexacampeão da Copa Libertadores da América, o Boca Juniors sempre foi um dos times mais temidos pelos brasileiros na competição. Derrotados pelo Corinthians na última decisão, desta vez são os ‘hinchas’ argentinos que demonstraram, nas redes sociais, preocupação pela reedição do confronto já nas oitavas de final desta temporada.

Atual campeão, o Timão teve a quarta melhor campanha da fase de grupos. Já o Boca, que ficou em segundo lugar no Grupo 1, vive uma crise por conta da péssima campanha no Campeonato Argentino. Na competição continental, os xeneizes se garantiram nas oitavas de final mesmo com três derrotas.

Nossos colegas do Goal.com Argentina nos fornecem informações referentes ao atual momento do Boca Juniors e a preocupação dos 'hinchas' com o confronto.

Corinthians: um adversário temível

Desde a confirmação do reencontro entre os dois times que protagonizaram a decisão da competição do ano passado, diversos ‘hinchas’ argentinos usaram as redes sociais para lamentar o duelo.

Alfredo Mierlo, do Goal.com Argentina, afirmou que os torcedores do Boca Juniors lastimaram bastante o encontro precoce entre as duas equipes. Apesar disso, eles confiam no histórico positivo do time em momentos decisivos.

- O Corinthians é realmente um adversário temível não só pela qualidade do time, mas também pela falta de rendimento da equipe do Boca em 2013. Os xeneizes estão num péssimo momento, mas o torcedor tem a mínima esperança de que o time reaja a partir dos mata-matas - disse.

Já a imprensa argentina, segundo Germán Boero, é mais contundente e se prepara para uma provável eliminação do Boca.

- A imprensa é muito mais objetiva e acredita seriamente na eliminação do Boca. Na Argentina, o Timão é considerado um dos grandes candidatos ao título mais uma vez. Todos sabem do potencial dos jogadores, pois a maior parte da equipe é a mesma da última temporada. Além disso ainda chegaram os excelentes atacantes Pato e Paolo Guerrero - declarou.

Defesa é o ponto fraco do Boca Juniors

Se não melhorar o rendimento, é certo que o Boca Juniors não irá longe nesta Libertadores. O cube argentino vive fase horrível em 2013. Já são 10 jogos sem ganhar pelo Torneio Final (segundo turno do Campeonato Argentino). Para nossos colegas argentinos, a lentidão e as constantes falhas do sistema defensivo são as principais deficiências dos xeneizes.

- O desempenho do time tem variado bastante. O baixo rendimento dos jogadores considerados titulares e os inúmeros problemas de lesão vêm atrapalhando o time, que tem como ponto fraco a defesa. Se não fosse pela ótima fase do goleiro Orión, provavelmente os Xeneizes estariam numa situação ainda pior – analisou Germán Boero.

A presença de Juan Martínez será mais um atrativo para o duelo. O atacante, que teve uma curta passagem pelo Corinthians, forçou sua saída para o Boca Juniors com o intuito de se firmar na seleção. Para Luciano Garzo, também do Goal.com Argentina, o Burrito, mesmo sem mostrar o bom futebol da época em que defendia o Vélez, vem sendo um dos principais nomes da equipe.

- Mesmo sem mostrar o mesmo desempenho da época em que jogava no Vélez, o ex-corintiano Juan Manuel Martínez é um dos principais destaques da equipe. Bianchi ainda não encontrou um parceiro de ataque ideal para ele.

Bombonera ainda é temida?

Na primeira partida da decisão do ano passado, o torcedor do Boca lotou o estádio La Bombonera e não parou de cantar durante o jogo inteiro. No entanto, o Corinthians não se amedrontou diante do cenário e não sentiu a pressão.

Nesta quarta-feira, o estádio contará praticamente só com fãs do time xeneize por conta da punição imposta pela Conmebol ao Timão após a morte do boliviano Kevin Espada, que impede a presença de torcedores do clube brasileiro nos jogos como visitante em competições sul-americanas até julho de 2014. Apesar disso, cerca de 200 corintianos estarão infiltrados no estádio argentino.


Os fãs do Boca Juniors vão lotar todas as arquibancadas da Bombonera. Apesar do fraco desempenho, acredito que o estádio ainda seja temido pelos adversários. O time caiu de rendimento como um todo.


- Luciano Garzo

Relacionados