thumbnail Olá,

Jogadores estão confirmados como titulares no amistoso desta quarta-feira, às 17h30 (de Brasília), em Wembley

POR FERNANDO H. AHUVIA E STEPHEN DARWIN

Como parte das celebrações pelo 150ª aniversário da Federação Inglesa (FA), Inglaterra e Brasil se enfrentam nesta quarta-feira, às 17h30 (de Brasília), em Wembley. Repleto de atrativos, o amistoso será especial para o lateral-esquerdo Ashley Cole e o meia Ronaldinho Gaúcho. Confirmados como titulares por seus treinadores, os dois jogadores vestirão pela 100º vez a camisa de suas respectivas seleções.

Pensando nisso, o Goal.com relembra a trajetória dos dois atletas ao longo dos anos e analisa as chances deles disputarem a Copa do Mundo de 2014. Confira!

ASHLEY COLE

Ficha técnica
Nascimento 20/12/80 - Londres
Posição Lateral-esquerdo
Clube atual Chelsea
Detalhes
Jogos 99
Gols 0
Minutos em campo 8.156

O lateral-esquerdo Ashley Cole atingirá a marca histórica de 100 partidas pela Inglaterra no amistoso contra a Seleção Brasileira. Apesar das diversas controvérsias extra-campo nas quais se envolveu, é difícil argumentar que o defensor não é merecedor desta marca.

Aos 32 anos, ele já conquistou seu lugar entre os melhores defensores pela esquerda do mundo, e tem atuado constantemente na seleção desde sua estreia contra a Albânia, em março de 2001.

Modelo de consistência para o seu clube e para a seleção, Ashley Cole raramente deixou de desempenhar um bom futebol com a camisa da Inglaterra. Existe o argumento de que ele é o melhor lateral-esquerdo que a seleção inglesa já produziu.

- Olho para os jogadores com quem joguei ao longo da minha carreira e ele foi, certamente, o mais consistente. Penso que ele provou ser um dos melhores laterais-esquerdo do mundo – elogiou o capitão Steven Gerrard.

Presente em todas as partidas da seleção inglesa nas últimas três Copas do Mundo e nas Eurocopas de 2004 e 2012, Ashley Cole é o sétimo jogador a atingir tal feito pela Inglaterra. Antes dele, só chegaram a essa marca Peter Shilton, David Beckham, Bobby Moore, Bobby Charlton, Billy Wright e Steven Gerrard.

Apesar de estar nos últimos anos de sua carreira como atleta, Ashley Cole vem mostrando que ainda está em boas condições físicas e não vem sofrendo com lesões. Sendo assim, é de se esperar que ele siga na equipe até 2014.

Se ele continuará sendo a primeira opção para a lateral-esquerda, entretanto, depende inteiramente da evolução de Leighton Baines. Recentemente, vimos inúmeros pedidos para que a estrela do Everton recebesse mais chances na vaga de Cole - ainda que, de começo, fosse visto como substituto imediato do jogador do Chelsea. Portanto, caso Baines continue a impressionar com suas atuações na Premier League, Roy Hodgson pode ser obrigado a fazer essa alteração.

RONALDINHO GAÚCHO

Ficha técnica
Nascimento 21/03/80 - Porto Alegre
Posição Meio-campo
Clube atual Atlético-MG
Detalhes
Jogos 99
Gols 35
Minutos em campo 6.989

Pentacampeão mundial e duas vezes eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa, Ronaldinho Gaúcho está de volta à Seleção Brasileira para o jogo contra a Inglaterra, o 100º dele com a camisa canarinho. Um dos protagonistas do vice-campeonato brasileiro do Atlético-MG, o meia não era convocado desde fevereiro do ano passado, quando atuou diante da Bósnia, na Suíça, ainda sob o comando do técnico Mano Menezes.

Revelado nas categorias de base do Grêmio, Ronaldinho Gaúcho rapidamente chamou a atenção de todos por sua habilidade técnica. Ainda aos 19 anos, o jogador estreou na Seleção Brasileira em um amistoso contra a Letônia, em junho de 1999. Virou destaque internacional na Copa América do mesmo ano, quando marcou um golaço inesquecível na goleada por 7 a 0 sobre a Venezuela.

Aos poucos, o armador foi ganhando espaço e conseguiu se firmar como titular do grupo de Felipão na Copa do Mundo de 2002. Ronaldinho se destacou contra a Inglaterra, nas quartas de final, ao fazer grande jogada no gol de Rivaldo e ao virar a partida em bela cobrança de falta. Em seguida, o brasileiro cometeu falta grave e foi expulso, não participando da semifinal contra a Turquia.

Dali por diante, Ronaldinho virou notícia da Europa e do mundo graças as suas atuações no Barcelona. Porém, com um futebol muito aquém do esperado, acabou fracassando junto com o Brasil na luta pelo hexacampeonato e foi alvo de várias críticas dos torcedores brasileiros.

Já sem o mesmo sucesso de antes no Velho Continente, acabou sendo chamado por Dunga para comandar o Brasil nas Olímpiadas, mas a seleção acabou fracassando mais uma vez na luta pelo inédito ouro olímpico. Dois anos mais tarde, acabou nem sendo convocado para a Copa do Mundo.

Meses depois da Copa, Ronaldinho Gaúcho recebeu algumas oportunidades de Mano Menezes, mas não vinha mais sendo lembrado nas últimas convocações. Agora, o meia volta a ser chamado para a Seleção Brasileira por Luiz Felipe Scolari, treinador que o dirigiu no título da Copa do Mundo de 2002.

Se souber aproveitar as oportunidades, o meia do Atlético-MG terá grandes chances de disputar a Copa do Mundo. Não é segredo para ninguém que o técnico Felipão gosta de contar no grupo com jogadores mais experientes.

- O Ronaldinho é um jogador que tem 32 anos, mas é um atleta que no ano passado fez um campeonato espetacular pelo Atlético-MG e foi líder daquele grupo. Tem liderança e capacidade para jogar alguns anos. Ele vai me mostrar se estou certo ou errado a medida que for se integrando à equipe – declarou o comandante da seleção.

Relacionados