thumbnail Olá,

Em entrevista exclusiva a Goal.com britânica, ex-assistente técnico do Chelsea fala sobre sua decepção com o espanhol e a necessidade do clube de trazer novos atacantes

EXCLUSIVO
Por Tom J. Doyle

O ex-jogador do Chelsea e atual comentarista da TV inglesa, Ray Wilkins, acredita que Fernando Torres pode ser usado de contra-peso pelos Blues na tentativa de contratar Falcão Garcia ou Edinson Cavani ao fim da temporada, colocando um ponto final na sua passagem digna de pesadelos em Stamford Bridge.

O atacante espanhol chegou ao clube em 2011 depois do Chelsea pagar £50 milhões (R$150 milhões) ao Liverpool, mas marcou apenas 14 gols em 68 jogos na Premier League, e a especulação ao seu redor só parece aumentar a incerteza do seu futuro em Londres.

Mesmo com a contratação de Demba Ba por modestos £7.5 milhões na última semana, o ex-assistente técnico do Chelsea acredita que a equipe ainda precisará contratar um atacante que possa elevar o clube 'ao próximo nível'.

"Eu adoraria dizer que o Torres ainda tem um futuro no Chelsea porque ele era um atacante muito dinâmico, mas infelizmente esse nunca foi o caso dele desde que chegou então estou um pouco decepcionado. Demba Ba é um jogador fantástico, mas acho que a diretoria provavelmente usará Torres como contra-peso para negociar a vinda de Falcão ou Cavani," disse Wilkins a Goal.com inglesa.

"Os tipos como Falcão e Cavani são muito, muito caros, mas esses dois centroavantes são exatamente o que o Chelsea precisa para voltar a dar um salto de qualidade."

Apesar da decepção mútua com as performances de Torres em Stamford Bridge, Wilkins acredita que uma troca entre ele e Falcão poderia ser benéfica tanto para o clube, quanto para o jogador.

"Obviamente o benefício da chegada do Falcão é que o Torres estaria retornando a Madrid, onde ele começou sua carreira. Ele estaria indo para casa, e o Chelsea estaria conseguindo com isso um jogador esplêndido," acrescentou.

O Chelsea despencou para 13 pontos atrás dos líderes, Manchester United, depois do empate em 2 a 2 com o Southampton em casa, na quarta-feira, além de terem ficado de fora da fase de mata-mata da Champions League, competição que conquistou na temporada passada.

Para Wilkins, o clube tem agora de colocar ênfase na tarefa de encontrar os jogadores certos para liderar a equipe de vlta às glórias - começando pelo ótimo negócio pelo atacante Demba Ba, do Newcastle.

"Eles perceberam que precisavam de mais força ofensiva. Ba tinha de vir porque Kalou saiu e Sturridge foi para o Liverpool. Sturridge foi vendido por £12 milhões e Ba, que é uma pequena máquina de gols, chegou - ele marca gols por diversão, e custou apenas £7.5 milhões. Quase de graça.

"Você tem um jogador que está acostumado a Premier League, enquanto o Daniel, por outro lado, nunca se confirmou como a promesss que parecia. É muito talentoso, mas não no momento, e Ba sim, então foi um ótimo negócio," encerrou.

Ray Wilkins foi assistente técnico dos Blues entre os anos de 2008 e 2010, período no qual o clube ganhou uma Premier League e uma FA Cup.

Relacionados