thumbnail Olá,

Independente do resultado da partida, meia entrará em campo no decorrer do segundo tempo

POR FERNANDO H. AHUVIA - DIRETO DE SÃO PAULO

Quase dois meses depois de ter sido apresentado, Paulo Henrique Ganso, finalmente, vai fazer a sua estreia com a camisa do São Paulo no duelo contra o Náutico, neste domingo, às 17h, no Morumbi, em jogo válido pela 36º rodada do Campeonato Brasileiro. Recuperado de um estiramento muscular na coxa esquerda, o meia, que começará a partida no banco de reservas, não joga uma partida oficial desde o dia 29 de agosto, quando defendeu o Santos contra o Bahia.

O primeiro jogo de Ganso também pode selar a classificação do Tricolor para a Copa Libertadores da América de 2013. Para isso, o time do Morumbi precisa vencer o Timbu e torcer por um tropeço do Botafogo contra o Sport, domingo, às 19h30, na Ilha do Retiro.

Após vários meses de novela com o Santos e o grupo DIS, o São Paulo desembolsou R$ 23,9 milhões para trazer o meia para o clube. O vínculo assinado pelo jogador é válido até setembro de 2017.

Estou ansioso para voltar a jogar, mas não me sinto pressionado. Meu pensamento é jogar bola e fazer meu melhor dentro do São Paulo. Minha condição física está ótima e fico à disposição do Ney Franco. Estou me sentindo muito bem e tranquilo.

ESTREIA NA ETAPA FINAL

Independente do resultado da partida, o técnico Ney Franco vai colocar o meia Paulo Henrique Ganso na segunda etapa da partida deste domingo, no Morumbi. Falta apenas definir quem deixará o campo para a estreia do camisa 8.

A princípio, Ganso jogará em torno de 20 minutos. Para iniciar a partida, o São Paulo está definido com a seguinte escalação: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington, Lucas, Jadson e Osvaldo; Luis Fabiano. 

- Vamos para o jogo com dois objetivos. O primeiro é a vitória sobre o Náutico. O outro é lançar o Ganso, vamos colocar. Tenho que ver quanto tempo ele consegue jogar na intensidade que o jogo pede. Talvez 15, 20 minutos, ou um pouco mais. Isso definido, colocamos no jogo independentemente do resultado. Pode entrar ganhando ou até mesmo com um jogo complicado, porque tem a qualidade do atleta – declarou Ney Franco.

Independente do que esteja acontecendo no jogo, o técnico Ney Franco fez um pedido para que a torcida seja compreensiva e não peça a alteração antes do momento.

- A nossa torcida sabe que o Ganso foi contratado por 5 anos. O trabalho dele é para o proximo ano e vai fazer uma boa pré-temporada. Ele se mostrou em condições de entrar em campo agora e vai nos ajudar. Nosso momento é de classificação para a Libertadores e isso está acima de tudo. Tenho certeza que vamos terminar o jogo com todo mundo satisfeito, tem tudo para ser uma tarde feliz – concluiu o treinador são-paulino.

EXPECTATIVA DE RECORDE DE PÚBLICO

Com a decisão da diretoria do São Paulo de baixar o preço dos ingressos, o torcedor promete lotar o Morumbi para a estreia de Ganso. Segundo informou o Tricolor, mais de 52 mil ingressos já haviam sido vendidos até a noite de sexta-feira. Não há mais ingressos disponíveis para as arquibancadas.

Diante disso, o São Paulo também deve quebrar o próprio recorde de público da atual edição do Brasileirão registrado no empate contra o Fluminense, no último dia 4, no Morumbi, com 54.118 pagantes.

Relacionados