thumbnail Olá,

Como o seu time se comporta na reta final do Brasileirão? No 3º dia do especial, Goal analisa o histórico das grandes equipes nas cinco rodadas finais. É a vez de clubes de MG e RS

POR THALES MACHADO - @thalesche

O DESEMPENHO NA RETA FINAL
(Desempenho somado nas últimas cinco rodadas nos Brasileirões de 2009 a 2011)
TIME

1.Fluminense
2. Cruzeiro
3. Corinthians
4. Inter
5. Flamengo
6. Grêmio
7. Vasco*
8. São Paulo
9. Santos
10. Palmeiras
11. Atlético
12. Botafogo

Jogos


15
15
15
15
15
15
10*
15
15
15
15
15


Pontos

33
32
30
30
23
23
15
21
18
16
16
15

AP

73,3%
71,1%
66,6%
66,6%
51,1%
51,1%
50,0%
46,6%
40,0%
35,5%
35,5%
33,3%
Cinco rodadas. Quinze pontos. 450 minutos. Eis o que chamamos de reta final do Brasileirão, que começa na próxima Quinta, quando se inicia a 34ª rodada do Brasileirão. Antes disso, um importante Flamengo x Galo hoje ainda pela 33ª nos revelará um pouco mais a cara das emocionantes rodadas finais. Os últimos três Campeonatos Brasileiros ficaram marcados por rodadas finais emocionantes, com times surpreendendo para o bem e para o mal. Goal.com consultou os arquivos de 2009 para cá e, em um especial de três dias, mostra dados curiosos acerca do desempenho dos principais clubes brasileiros na reta final do campeonato. Será que o seu time costuma amarelar nas rodadas finais? Ou será que ultimamente ele vem sendo aquilo que chamamos de times de “chegada”?

Hoje é dia de analisarmos o desempenho de Grêmio, Internacional, Atlético-MG e Cruzeiro. Como dito, foram usados dados dos últimos três campeonatos: 2009, 2010 e 2011. Já vimos que Corinthians tem um bom desempenho na reta final. Palmeiras, São Paulo e Santos não têm retrospecto muito animador. No Rio, Flamengo e Vasco mantém retrospecto mediano enquanto Fluminense se dá bem e Botafogo se dá mal quando o negócio é decidir.

Se o seu time não está na matéria de hoje, procure os links no site para os outros especiais. Descubra assim quem está mais propenso para subir ou descer degraus nos cinco jogos que restam da temporada atual.

Cruzeiro O PROBLEMA É 2012

Sem chances matemáticas de se classificar para a Libertadores e precisando de pouquíssimos pontos para evitar, matematicamente, qualquer chance de rebaixamento, o Cruzeiro pouco tem a fazer no Brasileirão de 2012. Dependesse de alguns pontos para atingir algum objetivo, seja ele qual for, o time mineiro conseguiria obter êxito, baseando se em seu histórico recente na reta final do campeonato. O time só não é melhor que o Fluminense na nossa tabela que mostra o desempenho das equipes nas últimas cinco rodadas dos últimos três Campeonatos Brasileiros.

O aproveitamento é de incríveis 71,1%. Em nenhum ano, o Cruzeiro deixou de ter aproveitamento menor do que 60% nos últimos cinco jogos. Nos últimos anos, o time sempre conseguiu subir na tabela nas últimas rodadas, incluindo uma vaga na Libertadores conquistada na reta final, em 2009. A pena é 2012, onde o time não conseguiu engrena durante o campeonato e não se beneficiará em algo maior se repetir o desempenho.

 OS JOGOS QUE FALTAM
SANTOS
BAHIA
FLUMINENSE
CORITIBA
ATLÉTICO-MG
Casa
Casa
Fora
Casa
Fora


Atlético Mineiro NÃO PODE DEPENDER DO RETROSPECTO

Selección Argentina

Se vencer o Flamengo hoje, 22h no Indepedência, o Galo mineiro mantém a esperança de conquistar o título do Brasileirão de 2012. O time ficaria a seis pontos do líder Fluminense e precisaria de uma reta final quase perfeita para levantar a taça. Se depender do retrospecto nos últimos anos, a torcida atleticana pode começar a se contentar com o vice campeonato. Enquanto o Fluminense tem o melhor retrospecto nos últimos anos na reta final, o Atlético-MG é o segundo pior time quando se vê as últimas cinco rodadas do Brasileirão de 2009 a 2011.

 JOGOS QUE FALTAM
CORITIBA
VASCO
ATLÉTICO-GO
BOTAFOGO
CRUZEIRO
Casa
Fora
Casa
Fora
Casa
O Galo é dono de péssimo feito inédito no triênio. Em 2009, disputando o título, o time conseguiu a façanha de não conquistar nenhum ponto nos últimos cinco jogos. Foram cinco derrotas e o time caiu quatro posições, da 3ª para a 7ª posição, ficando de fora até da Libertadores. Em 2010, o time fez bela campanha no final, com 10 pontos em 15 disputados, subindo quatro posições. A saída da 17ª para a 13ª posição livrou o time do rebaixamento para a Série B naquele ano.

Para ser campeão, o Galo precisa de, no mínimo 10 pontos. Uma vitória e um empate já garantem, matematicamente, a volta do time mineiro à Libertadores em 2013.

Grêmio MEDIANO NA HORA DE DECIDIR

Selección Argentina

 JOGOS QUE FALTAM
PONTE PRETA
SÃO PAULO
PORTUGUESA
FIGUEIRENSE
GRÊMIO
Casa
Casa
Fora
Fora
Casa
O torcedor gremista sabe bem o que é conquistar algo na reta final de um Brasileirão. Dois anos atrás o time teve uma arrancada brilhante nas rodadas finais, saindo da 9ª posição na 34ª rodada e chegando na 4ª no fim, conquistando uma das vagas na Libertadores. Foram quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos. Este ano, uma campanha espetacular assim levará o time, ao máximo, à vice liderança.

O torcedor gremista sabe também o que é terminar um campeonato da maneira mais sem graça possível. Ano passado, fazendo campanha mediana, de meio de tabela, o time ficou as cinco últimas rodadas sem vencer, arrancando dois pontos em dois empates. Mesmo assim, só o que aconteceu foi cair da enfadonha 11ª posição, para a ainda mais monótona 12ª.

O aproveitamento de 51,1% em rodadas decisivas nos últimos três anos dá o tom de que o Tricolor Gaúcho anda sendo um time mediano na hora de decidir.

Internacional COLORADO DE CHEGADA
Selección Argentina

 JOGOS QUE FALTAM
NÁUTICO
PONTE PRETA
CORINTHIANS
PORTUGUESA
GRÊMIO
Fora
Fora
Casa
Casa
Fora
O time do Vasco tem aproveitamento de 50% nos jogos decisivos nos últimos campeonatos. A análise se complica um pouco ao relembrarmos que o time da Colina estava na Série B em 2009, não participando do Brasileirão. Assim sendo, dos doze clubes de maior torcida, o Vasco é o único que não teve 15 partidas analisadas na pesquisa.

Em 2010 o time foi mal nos jogos finais, conquistando só quatro pontos em cinco rodadas, mesmo assim, conseguiu se manter na 11ª posição. Ano passado, em campanha melhor, o time ficou com o vice campeonato ao fazer 11 pontos em 15 disputados. Os quatro pontos perdidos tiraram o título do Gigante da Colina, que ficou dois pontos atrás do campeão, o Corinthians.

Relacionados