thumbnail Olá,

Um dos destaques do Corinthians na conquista invicta da Libertadores, goleiro foi convocado para os amistosos da Seleção Brasileira contra África do Sul e China

POR FERNANDO H. AHUVIA - DIRETO DE SÃO PAULO

Uma das surpresas na lista do técnico Mano Menezes para os amistosos da Seleção Brasileira contra África do Sul e China, nos dias 07 e 10 de setembro, em São Paulo e Recife, respectivamente, Cássio viu sua vida mudar completamente em 2012.

Apresentado como reforço do Corinthians em fevereiro deste ano, Cássio assumiu a meta alvinegra após as falhas do até então titular Júlio César e não deixou mais a equipe. Tranquilo e seguro, o goleiro atuou em todas as partidas da segunda fase da Copa Libertadores da América, quando sofreu apenas dois gols em oito partidas.

Um dos destaques da invicta campanha corintiana na competição sul-americana, Cássio conquistou de vez a Fiel torcida no confronto contra o Vasco pelas quartas de final.

Antes de o volante Paulinho fazer o gol da classificação para as semifinais, Diego Souza teve a chance de mudar a história do torneio continental. O ex-jogador vascaíno avançou sem marcação até a grande área, chutou sem força no canto esquerdo e o goleiro Cássio conseguiu fazer o desvio para alívio da nação alvinegra.

Feliz com a convocação, o arqueiro espera manter o mesmo nível de atuação no Timão para continuar sendo lembrado na Seleção.

– Estou muito feliz mesmo. Estar na Seleção Brasileira é o objetivo de qualquer jogador, e comigo não é diferente. Quero agradecer a minha família, que é o suporte para tudo, aos meus colegas de time a todos aqui do Corinthians que me deram tranquilidade para que eu pudesse atuar com confiança, o que é fundamental para um goleiro – declarou.

– Só fui convocado porque fiz um bom trabalho no meu clube e quero que as coisas sigam assim. É o momento de continuar a me dedicar ainda mais no Corinthians e buscar construir minha história na Seleção agora neste meu retorno – completou.

SEGUNDA CONVOCAÇÃO PARA A SELEÇÃO PRINCIPAL

Essa é a segunda convocação de Cássio para a Seleção principal. Em 2007, ele já havia sido chamado por Dunga após o corte de Hélton, do Porto, de Portugal, por conta de uma lesão. Na ocasião, ele ficou na reserva de Julio Cesar nos amistosos contra Chile e Gana.

Na equipe Sub-20 do Brasil, o jogador que ainda estava despontando no Grêmio, foi titular na conquista do Sul-Americano Sub-20.

INDEFINIÇÃO NO GOL

Em dois anos à frente da Seleção, o técnico Mano Menezes chegou a incrível marca de 12 goleiros convocados: Diego Alves, Fábio, Gabriel, Gomes, Jefferson. Julio Cesar, Neto, Rafael, Renan, Victor e Renan Ribeiro.

Em entrevista coletiva realizada na última quinta-feira, o treinador brasileiro admitiu que ainda não há uma unanimidade na posição e depois fez elogios ao nome de Cássio.

"Trabalhei com ele no Grêmio. Ele foi para a Holanda depois, ficou um pouco distante e teve um ótimo retorno ao Corinthians. Está entre os nomes que eu gostaria de ter na Seleção"

FICHA TÉCNICA

Cássio Ramos
Nascimento 06/06/1987
Veranópolis - RS
Altura 1,95m
Camisa 12
Estatísticas
Jogos 23
Gols sofridos 15
Média de gols sofridos 0,65

Relacionados