thumbnail Olá,

Liedson é confirmado no Flamengo e chega trazendo esperanças que possa melhorar o ineficiente ataque flamenguista. Forma física do jogador, no entanto, causa dúvidas.

POR THALES MACHADO - DIRETO DO RIO DE JANEIRO

Tudo certo com Liedson.  O atacante de 34 anos fez ontem exame minucioso no seu calcanhar de Aquiles, que, curiosamente, fica no joelho. Os resultados positivos deram a palavra final, dez anos depois de sua primeira passagem pela Gávea, “Levezinho”, que fez seus últimos gols pelo Corinthians, voltará a vestir a camisa do Mengão. Contratado para ser o companheiro necessário para Vágner Love no ataque, o brasileiro naturalizado português chega carregado de esperança e desconfiança. Esperança que possa repetir no Fla o sucesso que teve no Timão e no Sporting, e desconfiança pelas recentes contusões do atacante.

Adryan - Flamengo x Bahia

Alguém para marcar os gols que o Fla precisa


EM NÚMEROS
a crise do ataque Flamenguista
1 gol nos últimos quatro jogos.
5 dos 13 jogos sem marcar gol.
4 gols tem Vágner Love, o artilheiro do time no Brasileirão junto com Renato Abreu.
9 rodadas sem marcar. É o jejum do camisa 99 Vágner Love.
2 gols tem Hernane, o outro atacante do Fla que marcou no Brasileirão.
Se o joelho do jogador é problema, o ataque flamenguista também é. Dos atacantes disponíveis no elenco, só Vágner Love é titular e, sem um companheiro ideal, mesmo o camisa 99 vem indo mal. Nos últimos quatro jogos foi apenas um gol marcado, pelo lateral esquerdo Ramon. Dos 13 jogos no Brasileirão, o Fla só marcou gols em oito deles e Love, principal fonte de gols  e artilheiro do time na competição com 4 gols, não marca há quase dois meses, desde a 4ª rodada do Brasileirão, vivendo o maior jejum de gols até aqui. O único outro atacante a balançar as redes foi o recém chegado Hernane, com dois tentos. A esperança é que Liedson resolva essa parada.

Gol sempre foi a especialidade na carreira do “Levezinho”. Só no Sporting, em Portugal, foram 183 em quase oito anos de clube, onde virou ídolo e até se naturalizou português, integrando a Seleção do país colonizador, onde marcou quatro gols em 15 aparições, tendo disputado a Copa do Mundo de 2010 junto com a equipe de Cristiano Ronaldo. Liedson foi, por duas vezes, artilheiro do Campeonato Português.

Se um ano depois de sua volta ao Brasil, Liedson chega cheio de desconfianças, o mesmo não aconteceu ano passado, quando, repatriado pelo Corinthians, desembarcou em São Paulo. Mesmo com 33 anos à época, o atacante chegou com peso de grande contratação e fez jus em 2011. Foram 23 gols em 44 jogos no ano passado.

Adryan - Flamengo x BahiaQuando chegou, o Timão vivia uma crise absurda devido a precoce eliminação na pré Libertadores. Liédson deixa o Timão um ano e meio depois, tendo sido Campeão Brasileiro, da Libertadores e jogando em parte da final histórica diante do Boca Juniors, no Pacaembu.

Se em 2011 Liedson foi artilheiro do Paulistão e fez gols e partidas fundamentais para o título brasileiro do Timão, as lesões atrapalharam e ele não foi protagonista no fracasso no Paulistão e nem no sucesso na Libertadores. Foram só quatro gols em 28 partidas e uma recusa da diretoria corintiana em renovar o contrato com o jogador.

 
Vai vingar?

Problemas no joelho do jogador fizeram a diretoria corintiana desacreditar que uma renovação com o atacante seria valiosa para o clube. Com o contrato para encerrar, várias equipes sondaram o jogador.
O jogador quase parou em outro clube do Rio. Carente de um atacante após a saída de Herrera e Loco Abreu, o Botafogo negociou com Liédson, mas resolveu não avançar a negociação com receio da condição física do jogador. O Fla, após negociações fracassadas com Diego, Riquelme e diversas outras opções para o meio, resolveu apostar em “Levezinho”.

Adryan - Flamengo x Bahia

Fernando H. Ahuvia é setorista do Corinthians no Goal.com. Ele acompanhou, de perto, todo o trabalho que levou o Timão ao título da Libertadores. Acompanhando o desempenho de Liedson em 2012, o paulista dá o seu palpite sobre a nova contratação do Mengão.

Adryan - Flamengo x BahiaComo estava o Liedson em 2012?

A condição clínica atrapalhou bastante o seu desempenho neste ano. O Levezinho ficou fora por um longo período devido a uma lesão no joelho esquerdo e, aos poucos, foi perdendo espaço no Corinthians.

Mas você crê que ele possa ganhar esse espaço como titular no Flamengo?

O Liedson é um jogador que se aplica muito nos treinos, tem faro de artilheiro e conhece bem os atalhos do campo, mas a torcida do Flamengo precisa ter a consciência de que o Liedson não é mais o mesmo jogador de anos atrás e não será a solução para os problemas que o time vive. Além disso, dificilmente ele terá condições de atuar em todas as partidas.

Como os problemas clínicos afestam o desempenho do jogador?

O rendimento do Liedson caiu bastante nesta temporada. Ao contrário de 2011, quando o Levezinho foi peça importante na conquista do Brasileirão, em 2012, ele perdeu espaço e passou a maior parte da Libertadores como opção no banco de reservas. O seu problema na cartilagem do joelho esquerdo tem afetado seu rendimento físico e técnico. Nas últimas partidas, ficou nítida a falta de explosão muscular.

Relacionados