thumbnail Olá,

O jogo de estreia da Seleção contra o Egito, marca o início da busca pela medalha de ouro inédita e Goal.com faz uma retrospectiva dos últimos cinco campeões olímpicos

A estreia do Brasil no Jogos Olímpicos 2012 está marcada para esta quinta-feira. O time de Mano Menezes enfrentará o Egito no estádio Millennium, na cidade de Cardiff. Goal.com acompanhará em tempo real e trará todos os detalhes deste duelo.

O jogo de estreia da Seleção, marca o início da busca pela medalha de ouro inédita e Goal.com faz uma retrospectiva dos últimos cinco campeões olímpicos. Começamos pela Espanha, campeã dos jogos olímpicos de 1992.

Barcelona 1992 - Espanha campeã

Em suas nove presenças nos Jogos Olímpicos, a Espanha conquistou o ouro quando foi anfitriã, em Barcelona 1992. O time de Guardiola e Luis Henrique era um grupo de qualidade, que teria as peças suficientes para lutar por uma medalha em casa.
 
Além disso, a disputa olímpica do futebol não contaria com seleções tradicionais, casos de Alemanha, Argentina e Brasil, que ficou fora dos Jogos após empate com a fraca Venezuela no Torneio Pré-Olímpico. Era mais um ponto a favor da equipe espanhola.
A estreia da seleção da casa foi no dia 24 de julho, em Valência, contra a Colômbia.Guardiola abriu o placar aos 10min, com Kiko, Berges e Luis Henrique selando a vitória por 4 a 0. Nas quartas de final, os espanhois tiveram pela frente o clássico contra a Itália. Um gol solitário marcado por Kiko aos 38min do primeiro tempo garantiu a classificação da Espanha. Contra Gana, os espanhóis marcaram 2 a 0, com gols de Abelardo e Berges.

A final contra a Polônia no Camp Nou, estádio em que Guardiola e Ferrer teve o apoio da torcida e 95 mil pessoas compareceram para ver a fúria olímpica  e o gol de Kiko aos 45 do segundo tempo que garantiu a vitória sobre a Polônia por 3 a 2.


Nigéria campeã olímpica de 1996

Batendo adversários como o Brasil e a Argentina, a equipe da Nigéria sagrou-se campeã dos jogos olímpicos de Atlanta, EUA, em 1996.A chamada "Geração de Ouro" chegou como favorita e era apenas uma questão de tempo para a conquista do ouro.

Na semi-finais o Brasil vencia por 3x1 e Ikpeba acertou um balaço de fora da área e diminuiu para a equipe nigeriana.  no minuto final do tempo regulamentar Okocha cobrou um lateral para dentro da área brasileira e no meio do bate e rebate Kanu mandou para as redes empatando a partida.


Na morte súbita, Kanu recebeu um lançamento longo, cortou o zagueiro e bateu seco para estufar a rede de Dida e manda a equipe brasileira para casa. Na grande final contra os argentinos, vitória nigeriana por 3 a 2, conquistando o ouro olímpico.

Camarões - campeã dos Jogos Olímpicos Sydney 2000

Nos Jogos Olímpicos de Sydney, foi a vez de Camarões, uma das seleções mais tradicionais do continente, se sagrar campeã com os "Leões Indomáveis". 


Depois de uma classificação suada na primeira fase na Austrália, a equipe deslanchou na etapa final, com resultados respeitáveis contra os favoritos Brasil e Chile. O grupo era excelente, tendo como destaques os conhecidos Geremi, Lauren e Eto'o, além de contar também com a experiência do artilheiro Patrick Mboma.


Argentina conquista medalha olímpica histórica em Atenas 2004

A vitória sobre o Paraguai na final foi por apenas 1 a 0, mas serviu para coroar uma campanha perfeita, com seis vitórias em seis jogos, 17 gols marcados e nenhum tomado. O técnico Marcelo Bielsa não quis arriscar seu pescoço e levou vários jogadores da seleção principal. A equipe teve ainda o artilheiro do torneio, Tevez, que marcou oito gols, incluindo o da partida decisiva.


O gol da medalha olímpica saiu aos 17min, quando a Argentina só havia tido uma boa chance. Rosales recebeu pela direita e cruzou baixo. Tevez se antecipou aos zagueiros e desviou a bola com um toque sutil. A conquista que tem o significado histórico por ser a primeira medalha de ouro do país em Olimpíadas.

Argentina novamente é campeã olímpica em Pequim 2008

A seleção da Argentina conquistava novamente a medalha de ouro olímpica ao derrotar a Nigéria por 1 a 0 na final dos Jogos de Pequim, disputada no Estádio Olímpico 'Ninho do Pássaro'.


Na final contra os nigerianos, Messi puxou um contra-ataque e
lançou Angel Di Maria que fez o gol do título. A seleção argentina confirmou invicta com seis vitórias em seis jogos, a medalha de ouro e conseguiu a revanche da Nigéria, que vencera a Argentina por 3-2 na final de Atlanta 1996.