thumbnail Olá,

Por enquanto com poucos momentos ruins no ano e com elenco super valorizado, Flu chega mais uma vez ao Brasileirão como um dos favoritos. Objetivo é claro: repetir 2010.

O SHOW COMEÇANDO?

Todo jogo do Tricolor das Laranjeiras se ouve um grito da arquibancada baseado em uma música do grupo Rappa. Em uníssono, vestidos de verde, branco e grená a torcida anuncia, como na música, que “o show tá começando” e repete, por gols, por jogos, por vitórias. Por vezes é o anúncio do começo de uma vitória do Flu, mas, para 2012, pode ser o prólogo de um ano que pode ser muito bom para o time de Abel Braga. Ao menos até agora, tudo deu certo.

Na Libertadores, apesar da derrota para o Boca ontem, o time segue firme entre os oito melhores com chances reais de se classificar entres os quatro; no Carioca, aos trancos e barrancos nas fases de classificação o time soube decidir. Ganhou a Taça Guanabara do Vasco e foi impiedoso com o Botafogo na final do Estadual, vencendo a competição depois de sete anos. Fosse só os resultados, dava para desconfiar mais do Fluminense. O time é considerado porém, por muitos, especialistas ou não, o melhor elenco atual do futebol brasileiro. Jogadores bons e experientes (na bola, nem sempre na idade) como Fred, Deco, Diego Cavalieri, Rafael Sóbis, se juntam a gratas surpresas como Welligton Nem, Jean e o zagueiro Andreson. Juntos, formam um ótimo plantel nas mãos do campeão mundial Abel Braga.

O Fluminense, definitivamente, é um time que aprendeu a jogar o Brasileirão. Nos últimos dois anos foram um título e um terceiro lugar, duas vagas na Libertadores, e 40 vitórias nos 76 jogos disputados. De 2007 para cá, um time que não acostumava disputar quase nada já conquistou um Brasileirão, uma Copa do Brasil e um Carioca, fora os vices na Libertadores, Sul-Americana e o 3º lugar no Brasileiro do ano passado. Em 2012, o time está bem, já é campeão e a Libertadores e o Brasileirão ainda estão estão disponíveis. Tudo pode dar certo.


O MELHOR CAMISA 9 DO BRASIL?

Ok, Neymar não conta. Não vamos falar de atacantes, e sim de camisas 9, o clássico atacante de área, aquele que põe a bola para dentro. Para muitos, o melhor do Brasil está nas Laranjeiras e atende pela alcunha de Fred. O atacante mineiro, já radicado e acostumado com o Rio de Janeiro, não viveu o melhor semestre da carreira mas continua com qualidades inefáveis. Fred gira bem, finaliza bem, sabe fazer gols de cabeça, com os dois pés, e ainda eventualmente pinta gols bonitos como o de bicicleta na final do Cariocão. Se não é o melhor, ao menos é garantia que o Flu conta com um camisa 9 de respeito.

Ao lado de Rafael Sóbis, Welligton Nem ou Rafael Moura, Fred pode fazer a diferença no Brasileirão. Ano passado foram 22 gols em 25 jogos no Brasileirão pelo Fluminense, um recorde no histórico clube carioca. O capitão do time, líder e por vezes polêmico é candidato a não só personagem do Flu, como a personagem do campeonato nacional.


O ANO DE DECO NO BRASIL

A influência portuguesa no Rio de Janeiro é evidente. Bares, clubes, colônias e até mesmo um time, o Vasco da Gama. Está no Fluminense, porém, o toque mais luso-brasileiro do futebol carioca. O camisa 20 Deco, que jogará o seu terceiro Brasileirão pelo clube e, vencida as lesões, poderá ser protagonista pela primeira vez.

Protagonismo esse que Deco já consquistou no Campeonato Carioca. O jogador foi eleito o craque do campeonato, e de fato o foi. A atuação de Deco no primeiro jogo da final do Carioca foi, talvez, a melhor atuação individual de um jogador na atual temporada. Passes precisos, toques de classe e um jogo bonito fizeram o meia cair de vez nas graças da torcida.

No segundo jogo no entanto, uma lesão o tirou dos dois jogos contra o Boca da Libertadores, e trouxe de volta um velho pesadelo. Deco joga demais e também se machuca demais. Se conseguir evitar ficar mais tempo no departamento médico, Deco pode substituir Conca e levar o Flu ao título. Depois de Romerito, Conca, mais um novo gringo pode ser herói do Flu. Um herói naturalizado, mas ainda assim, herói.

O FLUMINENSE BRIGA POR...

... TÍTULO

Incoerente seria tecer elogios mil ao Tricolor e não o apontar como um dos postulantes a levantar a Taça em Dezembro. Retroscpecto, elenco, treinador e um time que costuma se superar credenciam o Flu como o melhor Carioca e um dos melhores times do Brasil.

Relacionados