thumbnail Olá,

Tite terá mais de uma semana para preparar a equipe e corrigir os erros cometidos na derrota para a Ponte Preta antes de enfrentar o Emelec pelas oitavas de final da Libertadores

POR FERNANDO H. AHUVIA – DIRETO DE SÃO PAULO

Eliminado do Campeonato Paulista, o Corinthians só volta a jogar no dia 2 de maio, contra o Emelec, no Equador, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. No último domingo, o time comandado por Tite foi derrotado pela Ponte Preta logo na primeira partida eliminatória que teve em 2012 e se despediu do Estadual nas quartas de final.

Dono da melhor campanha da fase de classificação do Paulistão, o Corinthians vem se destacando desde a temporada passada, principalmente pela força do grupo. No entanto, o tropeço diante da Macaca liga o sinal de alerta no elenco para os mata-matas da Libertadores.

  Semana só de treinamentos

Com o primeiro duelo com o Emelec marcado apenas para o dia 2 de maio, às 21h50, no estádio George Capwell, o técnico Tite terá mais de uma semana para treinar o time e tentar ajustar os erros cometidos na derrota para Ponte Preta para que eles não se repitam na competição continental.

Por outro lado, esse longo intervalo sem partidas pode acabar prejudicando a principal força do Corinthians: o conjunto.

– Não queria ter esse tempo livre. Vou até usar uma expressão que sempre digo: queria pau dentro toda hora. Que viesse outro e mais outro jogo. A grandeza do Corinthians busca que seja dessa forma – lamentou o comandante, que teme pela falta de ritmo da equipe.

Sem nenhum grande destaque individual, o Alvinegro se destaca pela coletividade. Apesar da falta de confiança de grande parte da torcida no goleiro Julio Cesar, a defesa é a menos vazada da Libertadores com apenas dois gols sofridos. No meio, Ralf e Paulinho formam a melhor dupla de volantes da competição continental, enquanto Danilo vem se destacando na armação das jogadas. Na frente, Emerson e Jorge Henrique suprem a má fase de Liedson. No banco, o treinador corintiano ainda conta com outros jogadores de qualidade como Alex, Douglas e Willian.

  Pressão pelo título aumenta após a eliminação no Campeonato Paulista

Com a eliminação no Paulistão, a pressão pela conquista do tão sonhado título da Copa Libertadores da América aumenta. Único time que ainda segue invicto na competição (quatro vitórias e dois empates), o Corinthians terminou a primeira fase na liderança do Grupo 6 e com a segunda melhor campanha geral.

Para chegar ao título inédito, o Corinthians precisará quebrar um longo tabu. A última vitória do time paulista em uma fase de mata-mata da Libertadores foi sobre o Atlético-MG nas quartas de final de 2000. Naquele ano, o Timão teve sua melhor campanha, quando acabou caindo na fase seguinte para o Palmeiras nos pênaltis.

Relacionados