thumbnail Olá,

Analisamos algumas características das maiores estrelas do futebol mundial que podem ser úteis no crescimento do jovem santista

Enquanto alguns analistas mais apressados já colocam Neymar no mesmo patamar das maiores estrelas do futebol mundial, o jovem santista vai demonstrando que tem todas as condições de chegar lá, mas ainda pode aprender com os dois melhores jogadores do planeta. Goal.com resolveu analisar o que Messi e Cristiano Ronaldo podem ensinar à nova estrela.

LIÇÕES DE MESSI



- NUNCA PARE EM CAMPO

- CONFIE EM SEUS COMPANHEIROS

- SAIBA ONDE DRIBLAR


A questão da movimentação já vem melhorando em Neymar desde que Muricy lhe deu mais liberdade para aparecer em diversas partes do gramado, algo que o transformou em um jogador mais difícil de marcar. Só que às vezes a estrela santista tende a limitar-se ao lado esquerdo, o que Messi raramente faz desde que parou de jogar pelo flanco direito do gramado. Jogadores franzinos e que não gostam do contato físico como os dois precisam movimentar-se frenéticamente para que seus marcadores não possam usar o corpo e atrapalhar as arrancadas.

Em relação ao jogo em equipe, é claro que Messi é ajudado pelo fato de contar com jogadores extraordinários ao seu lado. Mesmo assim, Neymar pode olhar com carinho para o altruísmo do argentino e tomá-lo como exemplo. A estrela santista já mostrou que tem grande qualidade no passe e visão de jogo para encontrar os companheiros, mas ainda costuma cair na armadilha de pensar que pode resolver sozinho em todos os momentos.

Finalmente, a questão do drible é essencial e vem relacionada à movimentação constante desses jogadores. Messi e Neymar muitas vezes aparecem em posições defensivas, participando da transição da bola. Nesse momento, driblar é algo proibido, já que um desarme causa problemas graves para a defesa. Messi costuma tocar de primeira e simplificar nessa região mais recuada do campo. Neymar, às vezes, arrisca dribles perigosos.

LIÇÕES DE CRISTIANO



- TRABALHE O FÍSICO

- FINALIZE SEMPRE

- ACREDITE NO JOGO AÉREO


Cristiano Ronaldo tem uma característica bem semelhante a de Neymar em sua tendência a enfrentar a marcação constantemente no um contra um. Só que esse tipo de jogada geralmente produz um enfrentamento físico com o marcador, que sempre tentará colocar o corpo sobre o atacante. O jovem e franzino Cristiano transformou-se em um jogador forte, capaz de aguentar o contato e seguir adiante. Não seria ruim se Neymar passasse pelo mesmo caminho.

Quanto às finalizações, Neymar vem demonstrando um apetite bem maior para os gols do que no início de sua carreira. Ainda assim, ele muitas vezes prefere o drible em situações onde pode finalizar para o gol. Cristiano sabe que a finalização é uma de suas forças e costuma chutar sempre que a chance aparece.

Finalmente, há a questão do jogo aéreo. Nenhum atacante pode dizer que é completo se não faz gols de cabeça quando tem a chance. Cristiano é um jogador alto, o que faz com que seja um especialista. Neymar dificilmente será extraordinário nesse fundamento, mas seria bom se trabalhasse a técnica do cabeceio e o posicionamento na área para ao menos ser uma ameaça também pelo ar.

Relacionados