thumbnail Olá,

Presidente já estava no cargo de agosto de 2003; clubes aprovam reeleição

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, foi reeleito nesta segunda-feira para mais quatro anos de mandato à frente da entidade responsável pela organização do futebol no estado de São Paulo, em eleição realizada na sede da entidade.

A escolha aconteceu após o presidente do Bragantino, Marco Antônio Nassif Abi Chedid, sugerir a todos os dirigentes de clubes presentes que indicassem, por unanimidade, a reeleição de Marco Polo. De todos os clubes das Séries A1 e A2 do Campeonato Paulista, apenas o São Paulo não esteve representado por ninguém.

- Eu senti falta do São Paulo. É um grande clube e, por sua importância, era necessária a sua presença aqui - disse Del Nero.

Já o presidente santista, Luis Álvaro Ribeiro, enalteceu a gestão de Marco Polo no comando da FPF.

- O Santos está muito feliz com a reeleição do Marco Polo Del Nero, pois o Campeonato Paulista é um exemplo de organização e de qualidade - afirmou o mandatário.

Entre os presentes, também estava o ex-dirigente do Flamengo, Kléber Leite, candidato da oposição para a presidência do Clubes dos 13 e que tem apoio de Marco Polo para o cargo.

- Estamos com um plano de mudanças no Clube dos 13. Acredito que é hora de defender o lado dos clubes, independente do que isso ocasione. E o Marco Polo Del Nero está a favor dessas mudanças, o que nos dá maior satisfação - comentou Leite.                                                                                             Apesar dos elogios à organização do futebol paulista, Marco Polo Del Nero,  que está desde 2003 no cargo, já teve problemas sérios envolvendo a entidade. Por dois anos seguidos (2009 e 2010), o Ministério Público vetou os estádios do Campeonato Paulista a pouco tempo para o início da competição, além de conflitos com clubes por horário de jogos e a fórmula de disputa do Paulistão, que atrai pouco público aos estádios.