thumbnail Olá,

Capitão dos Reds se recusa a jogar a toalha mesmo com a desvantagem de dois gols para o Zenit após vitória dos russos no primeiro jogo da fase de 16-avos-de-final

Apesar da derrota por 2 a 0 para o Zenit na primeira perna da fase de 16-avos-de-final da Liga Europa, Steven Gerrard segue confiante de que o Liverpool tem condições de dar a volta por cima e garantir uma classificação heróica para a próxima fase.

Gerrard admitiu que o resultado no Petrovsky Stadium tornou tudo muito mais complicado para os Reds, mas se recusou a jogar a toalha.

"Se alguém pode dar a volta por cima, somos nós. Teremos a vantagem da torcida. Se eles puderem criar uma atmosfera bem barulhenta, se puderem apoiar o time e nós conseguirmos um gol cedo no jogo, vai estar tudo aberto de novo. Mas estamos bem decepcionados. Não foi o resultado que nós gostaríamos - queriamos pelo menos um gol fora de casa e tentar sair sem levar nenhum, mas se você acaba dando a eles a possibilidade de marcar com tanta facilidade, acaba sendo punido pelos deslizes, e foi isso que aconteceu," disse o meia ao site oficial do clube.

"Até os 25 minutos do segundo tempo, o jogo parecia estar bem sob controle. Foi uma noite difícil e jogamos em condições bastante adversas. Estamos bem decepcionados com os gols que demos para eles, mas ainda não acabou."

Para o zagueiro Jamie Carragher, o Liverpool pode tirar inspiração do passado para superar essa desvantagem de dois gols.

"Foi uma típica noite de competição europeia, quando você acha que está no controle e bang, 2 a 0 contra e uma montanha na sua frente para escalar. Mas é uma montanha que esse time já escalou outras vezes no passado e temos que olhar de novo para isso na próxima semana. Foi decepcionante, mas teremos uma semana para sacudir a poeira e tentar voltar ao topo, e, se conseguirmos, será uma ótima noite na Europa," finalizou.

Relacionados