thumbnail Olá,

Técnico Branko Brnovic provou a seleção inglesa, mas capitão afirmou que não está interessado em saber o que se passa em coletivas de imprensa

Steven Gerrard rejeitou as afirmações de Branko Brnovic de que a Inglaterra está "com medo" de Montenegro antes das duas seleções baterem de frente pelas Eliminatórias da Copa do Mundo nesta terça-feira.

A preparação para o duelo foi recheada de provocações por parte dos montenegrinos, especialmente depois da última visita dos ingleses ao estádio de Podgorica, quando Wayne Rooney foi expulso e seu time acabou perdendo uma vantagem de dois gols sobre o adversário.

Na segunda-feira, Brnovic disse aos repórteres: "Li na imprensa algumas declarações de jogadores da Inglaterra sobre como vai estar o clima em campo. Isto é algo que confirma o fato de que eles estão com medo desse jogo.

"Até onde eu sei, Rooney foi quem atacou nosso jogador, e não vice-versa. E eu sei que tanto Jovetic quanto Vucinic sempre levam pancadas, mas nunca reclamam.

"Posso dizer que estas 'lendas' da Inglaterra e os jornalistas estão tentando arrumar desculpas para o que vai acontecer amanhã [terça-feira]. Todo mundo parece incomodado."

Entretanto, o capitão inglês, Steven Gerrard, afirmou que os comentários do técnico adversário são provas da fraqueza do adversário.

"Para o treinador deles dizer essas coisas só mostra que nós o temos exatamente onde queremos. Eles parecem mais interessados em ficar falando, de conversinha. Conversa não ganha jogo. Jogar bem é que vale.

"Não estou muito interessado no que foi dito na coletiva deles - ou mesmo na nossa, para ser sincero. Estou mas interessado no que os meus companheiros estão fazendo nos treinos e em como vamos jogar quando o juiz apitar o início da partida.

"E sobre nós sermos um time que só joga com bolas levantadas, acho que é importante ter uma mistura, jogadas com passes curtos e ter um plano B para ligações diretas também, e acho que esse elenco tem isso," encerrou.

Relacionados