thumbnail Olá,

Atacante de 35 anos reconhece que a parte física já não dá a mesma resposta

Há dois anos defendendo o New York Red Bulls, o atacante Thierry Henry já admite a ideia de pendurar as chuteiras em breve. Aproveitando as férias na Inglaterra, o jogador diz que ainda não sente vontade de parar, mas que a parte física pode convencê-lo do contrário.

"Me dou mais dois anos de futebol, aí estarei com 37 anos. Completarei 20 anos de carreira", começou o jogador, durante uma partida da NBA, a liga de basquete norte-americana, realizada em Londres.

"Estava conversando com Robert [Pires, ex-jogador do Arsenal e da França] sobre isso. Nunca é fácil parar, mas, em algum momento, o corpo acaba dizendo que é hora. A cabeça pensa em continuar, mas só isso não adianta."

Henry surgiu no Monaco para o futebol, antes de passar pela Juventus e despontar para o estrelato no Arsenal, clube que defendeu entre 1999 e 2007. Ele ainda tem uma passagem no Barcelona, entre 2007 e 2010.

Relacionados